Presidente da Blizzard deixará cargo após processo de assédio

1 min de leitura
Imagem de: Presidente da Blizzard deixará cargo após processo de assédio
Avatar do autor

A Activision Blizzard anunciou em um e-mail aos funcionários que o presidente da empresa, J. Allen Brack, está deixando o cargo. A mensagem foi obtida e revisada pela Bloomberg e noticiada por Jason Schreier, um dos primeiros jornalistas a reportar o processo por assédio movido contra a Blizzard pelo Departamento de Justiça do Trabalho e Moradia da Califórnia.

Segundo a comunicação, Brack será substituído por Jen Oneal e Mike Ybarra, que deverão comandar a empresa juntos no momento. Não se sabe se essa será uma decisão definitiva ou temporária, mas é de se imaginar que a Blizzard não faça outras grandes mudanças na presidência por enquanto.

Vale lembrar que, de acordo com as acusações do processo, Brack já tinha sido notificado sobre as constantes situações de assédio e não tomou atitudes para resolver o problema. Também não demorou para que fãs mais atentos relembrassem momentos como o do painel de World of Warcraft na BlizzCon de 2010, no qual é possível ver Brack rindo das piadas de seus colegas sobre uma mulher que perguntou se era possível ter personagens femininas menos sexualizadas no famoso MMO da empresa.

A Blizzard já fez uma postagem sobre essa mudança em seu site oficial, na qual o próprio Brack faz uma declaração afirmando estar confiante de que Oneal e Ybarra trarão a liderança de que a empresa precisa no momento.