25 jogos icônicos para celebrar os 25 anos do Nintendo 64

12 min de leitura
Imagem de: 25 jogos icônicos para celebrar os 25 anos do Nintendo 64
Avatar do autor

O Nintendo 64 é, sem dúvidas, um dos consoles mais icônicos da Nintendo até hoje, tanto por seus jogos de qualidade primorosa como pelo grande foco em títulos multiplayer. Ele era o aparelho perfeito para passar os fins de semana em claro desbravando dungeons sozinho ou simplesmente para chamar os amigos depois da escola para uma competição nada saudável e que podia destruir amizades.

Pode não parecer, mas o console que tem um dos controles mais peculiares que já vimos faz 25 anos de idade em 23 de junho de 2021. Para comemorar, nós selecionamos o que consideramos os 25 jogos mais icônicos do Nintendo 64. Confira a lista completa abaixo e nos diga que outros você incluiria nela!

1. The Legend of Zelda: Ocarina of Time

É difícil começar a lista sem mencionar The Legend of Zelda: Ocarina of Time, já que esse é considerado não só um dos melhores jogos do Nintendo 64, como também um dos melhores já feitos até hoje.

A primeira aventura 3D de Link inovou de tal forma que podemos ver suas influências em títulos de aventura e RPG de mundo aberto até hoje, seja pelas dungeons, pelos personagens, pela trilha sonora ou simplesmente pelas mecânicas de combate.

O fato é que não dá para pensar no Nintendo 64 sem lembrar deste clássico, especialmente aquela tela de introdução tão calma com Link e Epona cavalgando por uma Hyrule dividida em duas linhas temporais.

2. The Legend of Zelda: Majora's Mask

Se falamos de Ocarina of Time, também é necessário citar a sua sequência: Majora's Mask. Diferente de seu antecessor, esse jogo lida com temas ainda mais sombrios, especialmente com a morte, o luto e a negação.

Com uma trama principal menor, o game realmente brilha em suas missões secundárias e no sistema de repetir os mesmo três dias durante toda a sua duração. Seu maior trunfo ainda é usar o gameplay e essas quests que mencionamos para contar a história da terra de Termina e seus habitantes.

Mesmo sem as populares cenas em CGI comuns na época, era impossível não se emocionar com o destino de cada NPC que encontramos e curamos com a triste "Song of Healing".

3. Super Mario 64

É claro que não íamos continuar a lista de games mais icônicos de Nintendo 64 sem colocar Super Mario 64 aqui. Essa foi a primeira vez que vimos o carismático encanador andar na direção que quiséssemos e totalmente livre para pular e se agarrar em qualquer plataforma que aparecia em nossa frente.

Ainda mais importante que isso, essa foi a lição de como um jogo de plataforma 3D deveria ser, estabelecendo padrões para tantos outros que apareceram nos consoles da Nintendo e de seus concorrentes. Sua influência e design são tão fortes que esse é um jogo que permanece popular até hoje, sendo um dos grandes títulos da comunidade de speedruns.

4. GoldenEye 007

Os jogos desenvolvidos pela Rare eram um dos maiores atrativos dos consoles da Nintendo na década de 1990, incluindo o nosso querido N64. Um dos títulos que mais nos pegou de surpresa na época foi GoldenEye 007, que não só tinha uma campanha solo divertida, como também apresentava um modo multiplayer sensacional.

Esse modo era basicamente um deathmatch no qual você podia enfrentar seus amigos até a morte, com o último sobrevivente saindo vitorioso. O engraçado é que ele foi adicionado quase de última hora pelos desenvolvedores e, mesmo assim, se tornou a parte mais popular do jogo.

5. Banjo-Kazooie

Ainda falando dos jogos da Rare, é claro que Banjo-Kazooie é outro que não teria como ficar de fora da nossa seleção. Apesar de ser essencialmente um game de plataforma 3D, não dá para negar que seu maior foco está em colecionar vários itens que você encontrar em suas múltiplas fases.

Até por isso, ele é muitas vezes chamado de um "Collectathon", que é um estilo de jogo baseado em colecionáveis. O fato é que isso incentivava bastante a exploração dos cenários no game, algo que podíamos fazer de forma bem divertida com as diferentes habilidades de nossos dois protagonistas e ao som de uma maravilhosa trilha sonora.

6. Blast Corps

Embora não seja o título mais conhecido da Rare, Blast Corps ainda era muito divertido, especialmente para os jogadores que só queriam sair por aí dirigindo veículos enormes e destruindo qualquer prédio que vissem em à sua frente. É claro que a nossa missão era mais nobre que isso, já era necessário limpar o caminho desta forma para a locomoção de um míssil nuclear.

O título fica ainda mais interessante quando você precisa se transferir entre veículos para resolver os puzzles em cada fase. Afinal, destruir coisas não é tão simples como parece.

7. Pokémon Stadium

Se já era divertido realizar batalhas Pokémon com os jogos originais, foi incrível ver um game dedicado apenas a lutas com os monstrinhos de bolso no Nintendo 64. Em Pokémon Stadium, um dos fatores mais divertidos era chamar seus amigos para esses combates, que podiam ser realizados com os monstrinhos disponíveis no próprio jogo ou com os Pokémon que você tinha em seu cartucho de Game Boy mesmo.

Era bem fácil de fazer o registro de seus próprios Pokémon por lá, então você nunca realmente sabia o que iria enfrentar em cada batalha. Apesar de ser um pouco limitado, o aspecto multiplayer ainda era mais do que suficiente para nos entreter por dezenas de horas.

8. Pokémon Snap

Outro jogo da franquia Pokémon que foi bem icônico na época do Nintendo 64 foi Pokémon Snap. Esse é um game meio diferente, já que te coloca em um veículo que se move sozinho por um único caminho enquanto você precisa tirar múltiplas fotos dos monstrinhos que encontra no cenário.

Mesmo com um conceito tão simples, o game se mostrou muito divertido e era bem fácil voltar para fase para tentar descobrir um segredo ou interação especial com algum Pokémon que você não tinha encontrado antes. É claro que ele tinha alguns pontos negativos meio chatinhos, mas o amor pelo jogo foi tão grande que a Nintendo até lançou uma aguardada sequência ao Nintendo Switch após 22 anos.

9. Mario Kart 64

Quando pensamos em jogos de corrida com um aspecto mais bizarro, é claro que Mario Kart vem à nossa mente instantaneamente, sendo que a versão do Nintendo 64 segue como uma das favoritas do público. Por finalmente ter visuais em 3D, Mario Kart 64 estabeleceu um grupo de fãs bem maior e ditou os rumos de seus sucessores nos próximos consoles da Nintendo.

As pistas eram divertidas, a seleção de personagens era diversa e os itens eram mais do que capazes de nos deixar irritados com nossos amigos, ou seja, pura perfeição.

10. Wave Race 64

Uma alternativa bem legal para fãs de jogos de corrida nada convencionais era o Wave Race 64, que abandonava o asfalto e o carro para favorecer o mar e o Jet Ski. O resultado deu muito certo e se tornou em um dos games mais divertidos do Nintendo 64 ainda em seus primeiros anos de vida.

Seu conceito era bem simples, já que bastava apostar corridas aquáticas com alguns dos diferentes personagens disponíveis. Você podia jogar totalmente solo ou desafiar os amigos, mas situações aleatórias como as de Mario Kart estavam fora de questão.

11. Jet Force Gemini

A Rare nos surpreendeu mais uma vez em 1999 quando lançou Jet Force Gemini para o N64, um shooter em terceira pessoa que contava com bastante ação e chance de exploração em vários cenários. O maior foco do game era realmente procurar inimigos e atirar neles sem dó, o que pode parecer bem comum hoje, mas ainda era algo que estava começando a se popularizar em consoles com jogos 3D naquela época.

Felizmente, tanto sua trama como suas mecânicas eram bem sólidas, mas mais uma vez acabamos nos viciando mais no modo multiplayer de Deathmatch que o título oferecia.

12. Mario Party 2

A franquia Mario Party teve sua estreia no Nintendo 64, com os três primeiros jogos tendo sido lançados neste console antes de seguir em frente. Considerando que a trilogia apresenta tabuleiros, minigames e mecânicas bem divertidas, fica difícil escolher apenas um deles para representar a série na nossa lista.

Ainda assim, Mario Party 2 segue com o favorito da maioria dos fãs, já que captura a essência do original e não é tão complexo como seu sucessor. Seu equilíbrio perfeito o suficiente para nos divertir e nos fazer brigar com nossos amigos quando eles decidem roubar uma de nossas estrelas pela terceira vez seguida.

13. Conker's Bad Fur Day

Depois de trabalhar em tantos títulos fofinhos, a Rare simplesmente decidiu que seu último projeto no Nintendo 64 seria o oposto disso. Conker's Bad Fur Day até pode parecer um jogo de sua desenvolvedora, já que apresenta um mundo colorido e um esquilo fofinho como protagonista, mas esse aspecto fica realmente só nas aparências mesmo.

Para começar, o game já abre com uma referência ao filme Laranja Mecânica e, em pouco tempo descobrimos que Conker, o tal esquilo fofo, passou a noite toda bebendo e precisa encontrar uma maneira de voltar para a casa de sua namorada mesmo estando com ressaca. No meio da aventura, ele encontra situações cada vez mais bizarras e situações nada politicamente corretas, para dizer o mínimo.

14. Perfect Dark

Perfect Dark é outro FPS muito interessante desenvolvido pelo Rare e que muitos fãs até consideram como um tipo de sucessor espiritual de GoldenEye 007. Só que podemos dizer que ele é bem mais avançado e até precisava do Expansion Pak para rodar no Nintendo 64 de forma apropriada.

Apesar de ter um modo cooperativo e competitivo, o jogo foi muito mais celebrado por sua campanha solo, gráficos e a inteligência artificial.

15. Star Fox 64

Star Fox até pode ter sido bem inovador e impressionante na sua estreia no Super Nintendo, mas não dá para negar que foi com Star Fox 64 que muitos jogadores realmente se apaixonaram pela franquia. Até hoje, o game especial é divertido, mesmo que você conheça cada canto de cada uma das fases que ele apresenta.

Com um console realmente preparado para games em 3D, nós tivemos a melhor oportunidade possível para sair voando com Fox e seus companheiros enquanto fazíamos o famigerado "Barrel Roll".

16. Star Wars: Rogue Squadron

Seguindo com os games espaciais, o nosso querido Star Wars: Rogue Squadron é um jogo que ocupa um lugar bem especial nos nossos corações. A gente até viu alguns games da franquia do George Lucas antes e depois no Nintendo 64, mas é inegável que esse foi um dos mais memoráveis.

Afinal, quem é que não queria reviver algumas das partes mais emocionantes dos filmes e destruir o império de Palpatine e Darth Vader no processo?!

17.  Super Smash Bros.

Se hoje em dia está difícil para o Sakurai conseguir fazer outros jogos, o grande culpado é o primeiro Super Smash Bros. do Nintendo 64. O título que coloca icônicos personagens da Nintendo para lutar era bem humilde nesse começo e ninguém na sua equipe de desenvolvimento podia sequer imaginar que ele se tornaria um sucesso tão grande como é atualmente.

Para quem está acostumado com o gameplay das versões mais modernas, poderia ser meio difícil de voltar a jogar o original, mas ainda permanece tão bizarro e divertido como em 1999.

18. Harvest Moon 64

Em uma década que a maioria dos jogos se focava em tiros, lutas, corridas ou plataformas, ter algo com Harvest Moon era realmente refrescante. A ideia de cuidar de uma fazenda e formar relacionamentos com o pessoal de uma cidade do interior podia parecer monótona para alguns, podemos garantir que era incrível ter a opção de fazer algo tão diferente assim em um jogo.

Harvest Moon 64 teve diversas melhorias em relação ao seu antecessor no Super Nintendo, mas acabou um pouco ofuscado pelo game de PlayStation 1, o Harvest Moon: Back to Nature. Ainda assim, ele foi o primeiro título da série de muitos nintendistas e foi um dos jogos que ajudou a estabelecer a franquia que continua a dar frutos até hoje.

19. Resident Evil 2

É bem fácil de associar os primeiros títulos da franquia Resident Evil com os consoles da Sony, mas não dá para esquecer que foi com Resident Evil 2 que muitos nintendistas tiveram a primeira oportunidade de entrar no mundo do Survival Horror. Melhor ainda, fizemos isso na companhia dos queridos Leon Kennedy e Claire Redfield, então nem dava para pedir por algo melhor.

O mais interessante é que a Capcom conseguiu fazer um port bem fiel ao game original do PlayStation 1, mesmo com todas as limitações que os cartuchos do N64 tinham em relação aos CDs do console rival. Felizmente, a parceria entre Nintendo e Capcom não parou por aí e até chegamos a ver alguns exclusivos temporários no GameCube alguns anos depois, como Resident Evil Remake, Resident Evil 0 e Resident Evil 4.

20. 1080° Snowboarding

Até quem gosta de jogos diferentes de esportes tinha boas opções para escolher no Nintendo 64. Esse game de Snowboarding desenvolvido pela própria Nintendo e lançado em 1998 era surpreendente bom e divertido.

Ele não chegou a ofuscar títulos mais famosos como Tony Hawk's Pro Skater, mas ainda chamou atenção o suficiente para ficar nas nossas memórias durante todos esses anos.

21. Paper Mario

Sabemos que o Nintendo 64 não foi o grande console dos RPGs, mas também não dá para esquecer que ele teve alguns bons títulos do gênero. Paper Mario foi um deles e até hoje é considerado como um dos mais icônicos jogos do console.

Seu estilo visual, suas mecânicas e seu humor são realmente únicos e são aspectos que continuam a ser replicados nos games mais recentes da série.

22. Yoshi's Story

Sabemos que Yoshi's Story não fez tanto sucesso quanto Yoshi's Island, mas não dá para dizer que ele não tem espaço especial no coração dos nintendistas. Apesar de ser curto e ter uma história meio batida, o gameplay era realmente bem divertido e ele se tornou o queridinho de muitos fãs do nosso dinossaurinho verde favorito.

23. F-Zero X

Faz anos que não vemos um F-Zero novo, então só nos resta relembrar os clássicos como F-Zero X, lançado em 1998 no Nintendo 64. Seguindo um estilo parecido com seu antecessor do Super Nintendo, esse game ainda oferece corridas futuristas bem rápidas e desafiantes.

Para quem queria algo levemente mais sério do que Mario Kart 64, essa era uma das melhores apostas no console.

24. Diddy Kong Racing

Há quem ainda diga que Diddy Kong Racing é um jogo de corrida muito mais divertido do que Mario Kart 64, mas é claro que não vamos focar só nessa polêmica. A verdade é que esse game da Rare oferecia uma experiência bem diferente de seu concorrente, até porque oferecia diversos tipos de veículos além de karts convencionais.

Fora isso, o título tinha um modo de aventura, em que você seguia um tipo de história caso quisesse aproveitar o game sozinho.

25. Turok: Dinosaur Hunter

A era do Nintendo 64 foi realmente o momento em que os jogos de tiro em primeira pessoa começaram a se popularizar cada vez mais, além de serem bem mais viáveis em consoles do que antes. Turok: Dinosaur Hunter foi um dos títulos do gênero que mais chamou atenção no console da Nintendo, tanto do público como dos críticos.

A ideia de caçar dinossauros deu tão certo que a franquia teve duas sequências e até uma remasterização para plataformas atuais em 2015.

25 jogos icônicos para celebrar os 25 anos do Nintendo 64