A Volvo é, sem dúvida alguma, uma das montadoras pioneiras quando o assunto é segurança. Por mais que a marca sueca seja mais conhecida aqui no Brasil por seus veículos pesados, seus modelos de passeio também são dignos de destaque.

Peguemos, por exemplo, a nova XC90, o SUV de luxo da montadora: ele é o primeiro veículo do tipo a chegar por essas bandas com a segunda geração da tecnologia de direção semiautônoma da Volvo, a Pilot Assist. Com o auxílio de sensores e câmeras que monitoram os arredores do veículo, a aceleração, frenagem e movimentação do volante são controladas sozinhas em velocidades de até 130 km/h.

E, além de tudo, o design da XC90 é sensacional. Toda a iluminação dianteira (faróis principais e de neblina) é em LED e o visual conta com a grade que é marca registrada dos veículos da Volvo – mas não dá pra negar algumas semelhanças com SUVs da Audi, por exemplo.

Voltando ao Pilot Assist: a segunda geração do sistema foi desenvolvida para uso não somente na estrada, mas também em situações de tráfego intenso nas grandes cidades. Ele pode ser ativado a qualquer momento e só depende de uma coisa: das faixas na superfície das pistas estarem bem demarcadas.

Se não bastasse controlar parte das ações do veículo, mas algo totalmente previsível no caso da Volvo, o sistema também conta com diversas funções de segurança: além dos sensores que permitem manter a distância do carro a frente com o controle de cruzeiro ligado, o Pilot Assist é inteligente e consegue detectar um potencial choque para frear automaticamente.

Aliás, o modelo foi protagonista de uma peça publicitária bem divertida que apareceu aqui no TecMundo justamente por conta dessa função de frenagem automática.

Na parte de tecnologia voltada para entretenimento, a XC90 traz uma central de infotainment com uma tela de 9 polegadas touchscreen, que conta com sistema de navegação Sensus Navigation Pro e permite controlar o ar-condicionado com quatro zonas individuais – tudo isso na versão Momentum.

Se você optar pela versão Inscription, além de tudo que foi citado, a XC90 vem também com um pacote de áudio desenvolvido em parceria com a Bowers & Wilkins: são 19 alto-falantes – incluindo um dos primeiros subwoofers air-ventilated visto em veículos – e 1.400 watts de potência e que consegue – PASMEM! – simular a sala de concerto da Orquestra Filarmônica de Gotemburgo!

Na parte de motorização, a XC90 chega com um motor T6 Drive-E, um quatro cilindros de dois litros com supercharger e turbo que entrega 320 cavalos de potência e 40 kgfm de torque – tudo isso com a possibilidade de fazer 12,5 km/l num percurso combinado. Nada mal, não?

Mas todo o design maneiro, conforto e orgasmos auditivos vêm por um preço: a versão Momentum da XC90 chega às concessionárias custando R$ 346,9 mil e a Inscription sai por um pouquinho mais, custando R$ 403,9 mil.

Mas, hey: vai dizer que a ideia de dar umas voltas ouvindo um som que simula a sala de concerto da Orquesta Filarmônica de Gotemburgo não soa atraente?

Cupons de desconto TecMundo: