A fabricação de carros elétricos, assim como a demanda por veículos menos poluentes, cresce em todo o mundo e as grandes montadoras estão se preparando para um futuro menos dependente da gasolina e dos motores de combustão interna.

Mas quando o assunto são as baterias necessárias para movimentar esses automóveis, essas empresas ainda são extremamente dependentes de outras companhias. A Volkswagen pode ter uma resposta para isso em breve.

Durante uma entrevista para um jornal de Frankfurt, o CEO da empresa, Matthias Mueller, afirmou que construir uma fábrica de baterias própria é uma decisão que faz sentido. “Se mais de um quarto da nossa frota for de veículos elétricos no futuro próximo, então iremos precisar de aproximadamente 3 milhões de baterias por ano.”

Empresa vai continuar investindo nos modelos elétricos

Atualmente, a Volkswagen tem uma parceria com a Panasonic para fornecer as baterias necessárias. A montadora também está trabalhando com a Tesla na construção da Gigafactory, a fábrica que vai alimentar a frota da companhia de Elon Musk.

Mueller também falou sobre o escândalo envolvendo fraudes nos relatórios de emissões dos motores a diesel. De acordo com o CEO, a empresa separou 18 bilhões de euros para cobrir os custos do caso.

A Volskwagen planeja continuar investindo pesado nos carros elétricos, com planos para introduzir mais 30 veículos ao mercado durante a próxima década.

Cupons de desconto TecMundo: