(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Mês passado, a Vivo anunciou um novo serviço chamado Vivo Música by Napster. A novidade vem para concorrer com Deezer, Rdio, Grooveshark e Spotify — esse último ainda está chegando ao Brasil.

Na verdade, o app é praticamente idêntico ao Napster que já existe na Google Play e na iTunes Store e, inclusive, o software para Android e iOS é desenvolvido pela Rhapsody International.

A única diferença é que, por se tratar de um serviço de uma operadora específica, ele só pode ser utilizado por clientes da Vivo. Disponível a partir de R$ 2,99 (plano semanal para um único aparelho) e podendo custar até R$ 14,90 (plano mensal para múltiplos dispositivos), o Vivo Música by Napster oferece um catálogo com mais de 10 milhões de músicas.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Aproveitando o preço atraente, assinamos o serviço para conferir as músicas disponíveis, a interface e a funcionalidade com o plano de dados. Será que a Vivo acertou na aposta e está preparada para competir neste mercado recheado de opções atraentes?

Músicas que não acabam mais

Um catálogo com mais de 10 milhões de músicas é realmente impressionante, mas, ao contrário do que você pode imaginar, o Vivo Música não tem todas as músicas do mundo disponíveis em seu acervo. A verdade é que ele tem bem pouca variedade se compararmos aos números do Deezer (que alega disponibilizar mais de 30 milhões de faixas).

Mesmo estando um pouco atrás da concorrência, o importante para um serviço iniciante é oferecer as músicas mais populares. Nesse sentido, o Vivo Música faz bonito, disponibilizando os principais sucessos e até músicas desconhecidas dos artistas mais famosos do momento (Luan Santana, Ivete Sangalo, Jorge e Mateus, Gusttavo Lima, Anitta, Aline Barros, etc.).

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Músicas de artistas internacionais também não faltam. Em nossas buscas, encontramos os principais hits de Bruno Mars, Miley Cyrus, Lily Allen, Eminem, Jay Z, Adele, Shakira e por aí vai. Para cada artista, o app mostra os álbuns disponíveis, exibe as principais músicas em uma aba separada, sugere alguns artistas similares e conta com algumas dicas da equipe editorial.

Pessoas que têm um gosto mais apurado (principalmente por artistas pouco conhecidos) ou que gostam de canções não muito populares (inclua aqui versões alternativas, remixes que estão disponíveis apenas no YouTube e outros sons raros) não vão se satisfazer com o acervo do Vivo Música by Napster.

Um player moderno

Após escolher sua música, basta um clique para que ela seja reproduzida no player principal. A interface do programa é bem funcional, com botões de fácil acesso, linha do tempo na parte inferior da tela e ícones para adicionar a canção aos favoritos e a uma determinada lista de reprodução.

No topo da tela, há quatro itens principais. À esquerda, temos um botão para ativar o equalizador (que é personalizável de acordo com o gosto do ouvinte e conta com diversos perfis prontos), outro para compartilhar a música e um para abrir a pesquisa e configurações. Como todo app do gênero, o Vivo Música oferece funções para repetir uma música ou toda uma lista de canções.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

À esquerda, o ícone do programa dá acesso ao menu principal. Nesta seção, é possível acessar rapidamente a página inicial (com sugestões e os lançamentos), conferir suas músicas (favoritas, em listas e transferidas), navegar por gêneros, ouvir rádios (que são personalizadas por estilos) e abrir as configurações.

Online e Offline

Em nossos testes, o Vivo Música by Napster funcionou perfeitamente tanto através de redes WiFi quanto no 3G da operadora. Obviamente, ao usar o app pelo pacote de dados, as músicas reproduzidas consomem do pacote contratado, portanto é importante ficar ligado para não ouvir muitas faixas e acabar tendo a velocidade reduzida posteriormente.

Uma das grandes vantagens do serviço da Vivo sobre alguns concorrentes é a possibilidade de transferência dos sons para seu smartphone. É possível fazer o download de músicas separadas ou de todo um álbum. O programa permite escolher um local para salvar os arquivos, possibilitando armazenar as canções em um cartão removível.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Essa versatilidade é um diferencial importante, pois é possível curtir seus artistas favoritos mesmo quando você não está conectado. Evidentemente, todas as músicas baixadas só podem ser executadas no próprio aplicativo. Nas configurações, o ouvinte pode ativar uma opção para obter apenas arquivos com alta qualidade (AAC de 192 kbps).

Qualidade na medida certa

Ainda que não traga arquivos MP3 de 320 kbps, o Vivo Música by Napster oferece qualidade bem razoável e não deixa a desejar se comparado a outros serviços. Se você usa fones comuns ou costuma plugar seu aparelho em caixas acústicas, a qualidade é mais do que suficiente.

É importante notar que essas limitações na qualidade são impostas principalmente para garantir a reprodução perfeita através de conexões de baixa velocidade. Claro, para ouvidos mais atentos e pessoas com equipamentos profissionais, certamente é possível perceber que a música não oferece a mesma qualidade de um arquivo WAV ou de um CD.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Enfim, ficamos satisfeitos com o serviço da Vivo e acreditamos que ele está preparado para competir com os principais concorrentes. Com preço aceitável, acervo bem variado, interface amigável (há widget para a tela de bloqueio) e os downloads, podemos dizer que a operadora está na direção certa. Se você está na dúvida, vale realizar um teste gratuito por sete dias.

Cupons de desconto TecMundo: