Tudo indica que, apesar de a realidade aumentada estar sendo cotada como o futuro da tecnologia, é a realidade virtual quem ainda chama atenção da indústria. Um exemplo disso é o número cada vez maior de jogos que já saem de fábrica com suporte ao recurso e os sucessos do passado que retornam em versões VR. É o caso de Fallout 4, que foi lançado no finalzinho de 2015 e durante a E3 2016 foi anunciado que ele receberia uma edição para os óculos VR. A boa notícia? O game pode estar mais perto de chegar às lojas do que imaginávamos.

Embora desde que o anúncio foi feito na feira norte-americana a Bethesda tenha escolhido se manter calada a respeito de qualquer progresso na conversão do título, Todd Howard, um dos chefões da companhia resolveu falar um pouco sobre o título em uma conversa com o pessoal do portal Glixel. Será que o sucesso da Capcom com o recém-lançado Resident Evil VII: Biohazard e a boa recepção de seu assustador modo VR fez com que a desenvolvedora resolvesse abrir o bico?

Será que Resident Evil VII em VR seria tão aterrorizante se você tivesse uma power armor?

Na verdade, o motivo não importa, só interessa que Howard trouxe algumas boas notícias a respeito da edição ainda mais imersiva do RPG de ação pós-apocalítico. “Fallout está indo muito bem. Ainda há muito trabalho a ser feito, mas é bem empolgante. Estamos fazendo o jogo inteiro. Você pode jogá-lo do começo ao fim [em VR] agora mesmo e tudo funcional realmente bem em termos de interface tudo mais”, explicou o figurão ao site.

A locomoção é a parte mais difícil, admito

Porém, é claro que tudo estar indo muito bem não quer dizer que não haja desafios nesse novo formato do game. “A locomoção é a parte mais difícil, admito. Dado o tamanho do mundo e o tanto que você se move em Fallout 4, essa parte é bastante complicada”, afirmou o diretor e produtor da Bethesda. Ele comentou que atualmente está sendo usada uma espécie de teleporte nos trajetos, mas que ainda estão experimentando outras soluções para o problema.

Pipoco, pipoco, pra todo lado que eu olho!

Apesar das dificuldades e de ainda precisarem ser feitos diversos ajustes para que a jogatina funcione, Howard garante que os jogadores vão se apaixonar pelo combate em realidade virtual. Além de dizer que ver o Pip-Boy vivão e em plena atividade no seu pulso é algo fantástico, o executivo afirmou que o sistema V.A.T.S. é simplesmente épico na versão VR de Fallout 4. Consegue imaginar como é se sentir dentro do game na hora de dar aquela pausadinha no meio do tiroteio e mirar bem na cabeça de um supermutante suicida? Pois é!

Seus sonhos podem se tornar realidade muito em breve

Infelizmente, mesmo com todos esses recursos de cair o queixo e com a notícia de que o desenvolvimento do jogo está em estágio avançado, ainda deve demorar um tempo até que você possa revisitar a cidade de Boston depois de uma hecatombe nuclear. Será que teremos mais novidades sobre a reedição de Fallout 4 na E3 deste ano? Deixe a sua opinião sobre o tema na seção de comentário e diga que outros jogos seriam interessantes de receber uma versão VR.

Cupons de desconto TecMundo: