Ele já é prometido e muito aguardado faz mais de um ano, mas parece que agora vai: produtos que contam com entradas USB 3.1 devem ser lançados a partir do primeiro semestre de 2015, de acordo com o site DigiTimes.

O envio de periféricos e chips com esse padrão acontecerá quando grandes fornecedoras estiverem prontas para adotar o conector em suas interfaces. Entre essas companhias, estão Apple, Microsoft, Intel e outras fabricantes. A aprovação recente da tecnologia por governos de China e Europa só reforça que o lançamento está cada vez mais próximo de acontecer.

A fabricante Adata deve ser uma das pioneiras na tecnologia com dispositivos de armazenamento de dados com USB 3.1. A expectativa é que os laptops também sejam bastante beneficiados pela chegada do novo conector — e a próxima geração de MacBooks dificilmente não adotará o novo sistema.

O que muda?

Ao menos no papel, o USB 3.1 terá melhorias significativas na transferência de dados. A velocidade prometida é de 10 Gbps, o dobro da geração USB 3.0, além de permitir a passagem de maior potência elétrica (até 100 W). Ele será compatível para trabalhar com resoluções acima de 1080p, incluindo o 4K, fora multitelas e dispositivos como SSDs e HDDs híbridos.

Apesar de todas essas vantagens, a novidade mais esperada pelo público é outra: a adoção do conector reversível, o chamado Type-C. Com ele, você não precisa ficar girando o cabo até achar o lado correto de encaixe, já que ambos serão compatíveis com a entrada.

Cupons de desconto TecMundo: