A chegada da versão atualizada do padrão USB deve acontecer em algum momento deste ano. Fato é que o cabo 3.1 promete o céu aos seus futuros usuários: além dos 10 GBps por segundo de velocidade e transmissão de potência elétrica de até 100 W, o dispositivo será reversível – chega de ficar adivinhando qual dos lados do componente é que encaixa-se às entradas.

Mas e o que dizer sobre a performance do vindouro hardware quando comprado ao padrão USB 3.0? De acordo com publicação da revista Anandtech, mesmo colocado ao lado das conexões mais velozes da atualidade, o USB 3.1 mostra-se realmente veloz. Em comparação com a interface VIA (USB 3.0), o resultado da velocidade do USB 3.1 por conexão ASMedia foi 27% maior.

Comparado ao hardware PCH (USB 3.0), a edição atualizada do padrão mostrou-se 1,7 vezes mais rápida. Na prática, e ainda segundo a Anandtech, significa que os controladores conectados através de USB 3.1 poderão trabalhar com até 75% de mais velocidade. A Intel, por exemplo, demonstrou que conexões RAID podem chegar a transferir 800 MB/s via USB 3.1 – em publicação anterior, um teste análogo com o componente USB 3.0 tinha chegado à marca dos 650-700 MB/s.

Não se sabe quando fabricantes como Apple, Intel e Microsoft irão anunciar a adoção do novo padrão, mas a recente aprovação dos governos da China e Europa da vindoura tecnologia reforça o lançamento iminente do USB 3.1. O cabo irá suportar resoluções acima da Full HD (1080p), como 4K, e deverá desempenhar demais tarefas, como compatibilidade com SSDs e HDDs híbridos (veja mais aqui).

Cupons de desconto TecMundo: