Que a situação entre os taxistas e usuários e profissionais do Uber não está indo bem, você provavelmente já sabe. Existem pessoas que veem legitimidade nas reclamações dos profissionais do transporte, mas parece que a coisa está fugindo do controle. Além daqueles que realmente são cadastrados no Uber, os taxistas estão agredindo também quem eles presumem fazer parte do aplicativo – e não é um caso "impensado".

No Rio de Janeiro, especificamente, a situação não ajuda muito a melhorar a imagem desses profissionais: dois taxistas foram flagrados por câmeras da Rodoviária Novo Rio jogando ovos em passageiros e carros. Se não bastasse, eles também agrediram, na última segunda-feira (6), uma mulher que esperava o namorado buscá-la – e, por isso, rejeitou as ofertas de corrida dos taxistas, que acharam, portanto, que ela estava esperando um Uber.

Eles a chamaram de "vagabunda", "criminosa" e de várias outras ofensas, enquanto formavam uma roda para insultá-la. Assim que o rapaz chegou ao local, ele também foi ameaçado pelos taxistas, que começaram a jogar ovos – atingindo a moça – e atingindo o carro na parte de dentro e de fora.

A Concessionária Novo Rio, administradora da rodoviária, informou que tudo aconteceu fora do terminal e, portanto, fora de sua alçada. A parte curiosa é que a própria Novo Rio afirma que o fato envolveu taxistas piratas que vêm hostilizando motoristas do Uber.

É perfeitamente entendível que os profissionais do táxi queiram que o Uber seja regulamentado, mas esse tipo de atitude não ajuda muito a fazer com que as pessoas passem a defender a causa.

Qual é a sua opinião a respeito? Não deixe de comentar!

Cupons de desconto TecMundo: