Vídeo impróprio para menores acabou entrando "sem querer" em categoria de destaque (Fonte da imagem: Reprodução/Vine)

Parece que construir uma boa imagem de seu novo serviço de compartilhamento de vídeos será uma tarefa bastante difícil para os responsáveis pelo Twitter. Além de ter sofrido com alguns problemas técnicos poucas horas após seu lançamento, o Vine também teve a integração com o Facebook suspensa por “ir contra algumas políticas de privacidade” da rede social.

Mas desta vez o problema foi um pouco mais sério. Algumas pessoas, ao entrar no serviço hoje pela manhã, deram de cara com nada menos do que vídeo adulto – um tanto bizarro, por sinal – destacado na categoria "Best Vine on Vine", que traz periodicamente os melhores clipes selecionados por uma equipe de editores qualificados.

Os usuários, inconformados com a situação, usaram o próprio Twitter para expor suas reclamações e protestar contra os editores do aplicativo – afinal, o Vine pode facilmente ser acessado por crianças. A equipe responsável pelo serviço emitiu uma nota se desculpando pelo ocorrido e oficializando a retirada do conteúdo impróprio.

Contudo, isso não parece ter sido o suficiente para limpar a consciência de alguns utilizadores, que ainda se perguntam se realmente foi um erro ou uma brincadeira sem graça. Afinal, concordemos: é muito difícil alguém procurar um vídeo adulto em uma rede social e manualmente movê-lo para uma categoria de destaque sem querer.

Cupons de desconto TecMundo: