O Twitter é uma das redes mais utilizadas pelos usuários brasileiros, servindo tanto como uma fonte de entretenimento e interações sociais quanto como um canal de informação e utilidade. O problema é que, como em todas as redes sociais, existe sempre alguém que não entendeu bem a proposta do serviço e se torna um chato virtual.

Existem muitas formas de irritar todos os seus seguidores e quando elas são utilizadas em conjunto, isso é muito pior. Não quer dizer que se você tem um dos hábitos citados aqui, você é um chato, mas se você acumula muitos deles... Tome cuidado!

Encha a timeline dos seus amigos com RTs

Não há mal algum em “retwittar” uma mensagem engraçada ou útil para os seus amigos, porém, existe sempre aquele chato que dá RT em todas as promoções e piadas que aparecem na sua timeline.

dar RT de piadas e promoções o tempo inteiro: primero indício do chato do Twitter (Fonte da imagem: Reprodução)

Em épocas um pouco mais polêmicas, como final de campeonato de futebol ou de algum reality show, eleições ou copa do mundo, esse tipo de chato atormenta a vida dos seus seguidores com uma enxurrada de opiniões sobre o assunto em pauta, poluindo as timelines alheias. E se os seus RTs forem todos de promoções, pior ainda! Às vezes, a promoção é realmente boa e vale a pena, porém, tome cuidado para não deixar isso se tornar um hábito.

Dar RT em tudo não é apenas irritante, mas mostra a falta de personalidade do chato, que só sabe se expressar utilizando a voz dos outros. Pode dar RT em tweets interessantes, mas procure comentar com as suas próprias palavras sobre o assunto. E acredite, nem todas as piadas geniais são mesmo tão geniais.

Desmarque essa opção para não receber os RTs na sua timeline (Fonte da imagem: Reprodução)

Se você tem um contato assim na sua timeline, pode facilmente eliminar esse problema, basta tirar a permissão de que os retweets dessa pessoa apareçam na sua página. Para fazer isso, visite o perfil dele e clique no ícone mostrado na figura acima.

Faça cobertura ao vivo de eventos

Na cola dos que “retwittam” tudo o tempo inteiro estão os chatos que fazem cobertura ao vivo de eventos como jogos de futebol, corridas de Fórmula 1, capítulo de novela, final do BBB, entrega do Oscar, palestras, festas, entre outros... Não há mal algum em comentar sobre o que você gosta, mas como tudo no Twitter, o problema é o excesso.

Cobrir eventos, palestras, jogos e programas de TV o tempo inteiro: hábito dos chatos (Fonte da imagem: Reprodução)

Se você diz a cada dez segundos o que está acontecendo, pode ter certeza, você é um chato. É muitíssimo provável que as pessoas que realmente se importam com o evento estão  assistindo a ele também, então não precisa narrar tudo ou comentar tudo. Comemore os gols, os prêmios e os reencontros na novela, mas não precisa exagerar!

Uma variação disso é aquele chato que gosta de narrar o clima. Isso é, aliás, muito mais comum do que se imagina! Começou a chover e o chato escreve “E está chovendo!”, fez um friozinho e lá vai ele anunciar de novo. Quem é que precisa de previsão do tempo desse jeito?

Futebol e Twitter: é preciso cuidado para não exagerar

Se você quer uma timeline mais limpa, pode filtrar da página algumas palavras, como "BBB", "Futebol", "Copa", entre outros, sem precisar dar unfollow em algum amigo. Para saber como fazer isso, acesse este artigo e veja as dicas!

Utilize o Foursquare o tempo inteiro

Fazer o check-in em todos os lugares que você está, além de ser potencialmente perigoso, é um hábito que pode ser considerado bastante irritante. Deixe para fazer isso algumas poucas vezes por dia, se você realmente quer utilizar essa aplicação.

Evite usar muitos aplicativos automáticos como Foursquare, Last.fm e Skoob (Fonte da imagem: Reprodução)

Isso vale para todos os aplicativos externos, na verdade, mas o Foursquare é o mais utilizado. Outros exemplos são: Last.fm, Skoob, YouTube, Formspring, Orangotag etc... Os seus amigos com certeza querem saber a que você está assistindo, ouvindo ou lendo, mas é mais interessante que isso não seja dito por um aplicativo automático, e sim por você mesmo!

Abuse das #hashtags

Utilize as hashtags apenas quando for preciso (Fonte da imagem: Reprodução)

Você sabe o que são hashtags? Com certeza você já viu uma palavra no Twitter com o símbolo “#” na frente. Isso é que é uma hashtag, ou apenas tag. Quando usada, a palavra é “linkada” à busca do Twitter, mostrando todos os posts com a mesma expressão.

Hashtags são úteis, principalmente para que as pessoas saibam o que você está falando. Por exemplo, se você estiver acompanhando um evento e quiser comentar a respeito dele (cuidado para não "twittar" sobre isso demais e acabar se tornando um sem noção), em vez de explicar em cada tweet sobre o que você está falando, você pode encurtar a frase com o uso de uma hashtag, principalmente em eventos grandes, desta forma:

Utilize as hashtags de forma moderada (Fonte da imagem: Reprodução)

Porém, tem gente que não entende esse conceito e utiliza todas as palavras com esse recurso, ou pior ainda, cria hashtags imensas para expressões que não são necessárias, por exemplo “Estou assistindo Em Busca da Terra do Nunca! #NossaQueFilmeLegal”. Nesse caso, diga simplesmente “Estou assistindo Em Busca da Terra do Nunca, que filme legal!”. Acredite, os seus seguidores vão achar isso muito mais interessante, já que a frase fica mais limpa e clara para ser lida.

Escreva tudo utilizando expressões de memes

A internet é um local interessante onde algumas expressões, palavras, imagens e vídeos ficam famosos da noite para o dia. São os virais e os memes, conteúdos que são repetidos e espalhados com rapidez impressionante. É o caso de expressões como “Epic win”, “Troll face”, “Winning”, “Cordei KD”, “Bom dia para quem...”, “Bons drink”, entre muitas outras que aparecem o tempo todo.

Apesar de serem engraçados e renderem boas piadas, esses memes uma hora cansam. Usuário chato é aquele que utiliza memes em todas as suas publicações, ou pelo menos na maioria. Se isso vier acompanhado de uma infinidade de hashtags então, pior!

O uso exagerado de memes é um hábito típico do chato do Twitter (Fonte da imagem: Reprodução)

A linguagem na internet é muito dinâmica, por isso usar o mesmo meme muitas vezes (ou pior, usar memes velhos que já não têm mais graça) é um sintoma clássico do chato do Twitter! Claro, se você já usou uma expressão dessas não quer dizer que você seja esse sem noção, mas procure maneirar, pra não entendiar os seus amigos!

Use o Twitter como MSN

O Twitter não é um chat. Pode parecer uma frase bastante óbvia, mas acredite, não é! Tem muita gente usando essa rede social para bater papo com os amigos, combinar eventos demoradamente, discutir os mais diversos assuntos etc...

Twitter não é chat! (Fonte da imagem: Reprodução)

Se o número de replies trocados entre você e algum amigo na mesma conversa começar a ficar muito grande, é um alerta para que você comece a usar o MSN, GTalk, telefone ou até as DMs. Com certeza os amigos em comum que vocês possuem não vão querer ver toda a conversa nas suas timelines! Em uma conversa amigável isso já não é legal, e em discussões é ainda pior, já que além de chato, é deselegante.

Informe todos os detalhes da sua rotina

Até algum tempo atrás, a pergunta feita pelo Twitter era “O que você está fazendo?”. Muitas pessoas levavam esse questionamento bastante a sério, dizendo o tempo inteiro o que eles estavam fazendo, mesmo que não fosse algo relevante. Com a mudança de posicionamento da rede, esse problema diminuiu, mas os chatos literais ainda existem, infelizmente!

Não use o twitter como um diário ao vivo (Fonte da imagem: Reprodução)

Se você quer ser um chato de marca maior no Twitter, comece a detalhar a sua rotina na rede social, dizendo o que você está fazendo e para onde você está indo o tempo inteiro. Isso não é proibido, até porque o Twitter é uma terra sem muitas leis (lembre-se: o respeito é uma lei universal e vale nesse ambiente virtual também), na qual você pode fazer quase tudo que você quiser, mas procure deixar isso atraente.

Dizer simplesmente que você está na aula, por exemplo, não é algo interessante, mas se você compartilhar com os seus seguidores algo que o professor disse (uma frase legal, uma gafe ou até uma pequena polêmica), certamente o seu tweet será muito mais relevante!

Utilize um avatar animado

Muita gente reage dessa forma ao ver um avatar piscando na timeline

Esse tópico é autoexplicativo, basta clicar aqui e tentar olhar para a imagem por mais de 5 segundos. Avatares com imagens piscando, pulando, girando e fazendo movimentos repetitivos são extremamente irritantes e as chances de que o dono desse avatar leve vários unfollows são gigantes.

Não seja um chato

Agora que você já sabe como se tornar um chato de marca maior no Twitter (algumas atitudes valem para todas as redes sociais), use esse conhecimento para fazer tudo ao contrário e não ser o amigo indesejado!

É claro que não precisa ficar se policiando o tempo inteiro, e os comportamentos citados aqui, se praticados com moderação, não são graves. No fundo, todo mundo é um pouco chato, só é preciso tentar disfarçar isso o máximo possível.

Cupons de desconto TecMundo: