A compra do Twitch pela Amazon por quase US$ 1 bilhão foi um negócio que surpreendeu o mercado. Afinal, muitos rumores indicavam que a Google – dona do poderoso YouTube – também estava pensando em adquirir a plataforma de streaming de vídeos. Entretanto, foi a empresa de Jeff Bezos que bateu o martelo e finalizou a compra.

Menos de um ano depois de oficializarem a negociação, o Twitch continua crescendo desenfreadamente e desbancando concorrentes fortes que nem atuam no mesmo "terreno". De acordo com informações do site The New York Times, a plataforma de streaming de vídeos foi capaz de ultrapassar em audiência programas tradicionais e muito populares do "horário nobre" norte-americano. Canais como CNN, E! e MSNBC são alguns exemplos, e até mesmo a MTV é desbancada em momentos de pico.

Twitch já supera canais tradicionais do "horário nobre" norte-americano.

O culpado

Atualmente, o Twitch tem cerca de 715 mil espectadores simultâneos durante o chamado "horário nobre" e muitos desses usuários estão a procura de uma única coisa: eSports. Os jogos eletrônicos competitivos rendem uma boa audiência para a plataforma, reunindo milhares de pessoas e fazendo valer o investimento que foi feito pela Amazon.

Entretanto, mesmo com o crescimento acelerado, o Twitch ainda não é capaz de ultrapassar alguns concorrentes da categoria em horas de visualização por mês. Ainda segundo a fonte, o Netflix é cerca de oito vezes maior nesse parâmetro. Já o YouTube – que rendeu mais de R$ 23 milhões para o YouTuber PweDiePie – é 24 vezes maior que o Twitch nesse aspecto.

Os eSports são os grandes culpados pela ascensão e sucesso do Twitch.

Jogos como League of Legends, Counter-Strike: Global Offensive, StarCraft II: Heart of the Swarm e Hearthstone são alguns que compõem a lista dos mais acompanhados na plataforma de streaming. E aí, será que vai demorar muito para que o Twitch desbanque as programações do nosso "horário nobre" brasileiro?

Cupons de desconto TecMundo: