Para otimizar o controle do trânsito, os agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de São Paulo vão utilizar smartphones projetados para aplicar multas e processá-las em um curto período de tempo. Em agosto de 2015, 1,2 mil aparelhos serão solicitados para o início das operações, que abrangem a CET e a SPTrans.

Essa mudança ocorre por conta de um novo contrato do governo com as empresas que operam os ônibus da capital paulista, que vão equipar, inicialmente, 700 fiscais de transporte da SPTrans para substituir o sistema atual, baseado em anotações em um caderno, e oferecer um melhor controle das regras contratuais. Esse mesmo equipamento será utilizado pelos agentes da CET para aplicar multas em cima das infrações do cotidiano.

O início das mudanças

A Prefeitura já está mudando o edital, aplicando algumas alterações que afetam diretamente o modelo de transporte público. Uma das ideias avaliadas é a adição de ar-condicionado em todos os ônibus em circulação, que é perfeita para combinar com os coletivos com WiFi gratuito.

É interessante ver o Governo aplicando novidades tecnológicas em seu sistema, já que smartphones e aplicativos ajudam a população há anos e trazem diversos benefícios. Exemplos disso são os apps para chamar táxi e avisar sobre acidentes na pista, que são muito úteis no nosso dia a dia.