A não ser que você tenha muito dinheiro para esbanjar comprando passagens aéreas de primeira classe, viajar de avião pode ser muitas vezes desconfortável por conta das poltronas reclináveis (nem tão reclináveis assim). Pegue um voo de pelo menos 10 horas seguidas em uma dessas belezinhas e com certeza ao desembarcar você vai apoiar as mãos nas costas e reclamar de dor. Contudo, talvez essa tortura esteja com os dias contados.

Em parceria com a ANA (All Nippon Airways), a montadora Toyota está desenvolvendo um novo modelo de assentos para aviões que visa aumentar o conforto dos passageiros, independente do corpo de cada um – ou seja, até os mais gordinhos vão se dar bem.

Devido ao design atual, todo o peso do nosso corpo cai sobre o quadril, proporcionando o stress dos músculos e provocando até mesmo dores na lombar. Porém, se as poltronas das aeronaves suportassem melhor a região da pélvis, isso não aconteceria.

Visualizando esse e outros problemas, a empresa está projetando uma cadeira que pode ajustar tanto a altura quanto o comprimento e o encosto para que a pressão seja distribuída ao longo de todo o assento, possibilitando uma posição personalizada mais confortável e relaxada durante todo o voo.

Além destes detalhes, o material utilizado será mais macio em relação ao utilizado hoje em dia, e até mesmo o seu desenho, incluindo o do apoio para os braços, vai receber formas mais arredondadas. De acordo com as imagens divulgadas, o novo modelo não parece muito diferente do padrão, mas está claro que na prática a sensação será totalmente distinta.

A estimativa é de que ainda neste ano a ANA instale os assentos em alguns aviões menores destinados a voos domésticos. Para o ano que vem, a companhia aérea pretende incluir as poltronas inovadoras em pelo menos seis unidades do gigante Boeing 767-300.

Cupons de desconto TecMundo: