O compartilhamento de arquivos via programas P2P é hoje uma das práticas mais comuns na web. Ideal para arquivos de grande porte, em especial vídeos e aplicativos com tamanho superior a 500 MB, os populares torrents encontraram na quantidade de adeptos e na ampla gama de opções alguns dos seus maiores triunfos.

No Brasil, em especial, o sucesso aumentou à medida que as conexões de banda larga se tornaram mais acessíveis. Hoje o país é figura frequente na lista dos dez que mais disponibilizam arquivos na web, sendo também um dos mais populares em termos de usuários.

Em termos de novidades, os aplicativos do gênero trouxeram pouca coisa para os usuários. Incrementos nos mecanismos de busca, mais opções de customização e foco em itens para aumentar a velocidade de download e upload foram alguns dos quesitos contemplados nas muitas versões apresentadas.

O uTorrent, um dos aplicativos mais tradicionais do gênero, planeja um sopro de novidade para os usuários que, caso dê certo, pode implicar em mudanças diretas não só no aplicativo, mas em todo o segmento de compartilhadores P2P.

uTorrent

Apps para uTorrent

Sim, você não leu errado. O uTorrent vai ganhar extensões desenvolvidas de maneira independente e que serão disponibilizadas para os usuário em uma App Store própria. A ideia da empresa é oferecer um programa mais leve, contemplando os recursos básicos já disponíveis, e deixar que o usuário escolha o que pretende acrescentar.

Caberia às extensões o papel de trazer novas funções e tonar o programa mais atraente. A empresa aposta ainda nos desenvolvedores independentes, que teriam à sua disposição um campo ainda inexplorado para sugerir melhorias e inovações.

Apps no uTorrent

O produto é parte de um projeto da empresa chamado Griffin e, pelo menos em um primeiro momento, não irá necessariamente alterar a vida do usuário. Isso se deve ao fato que os complementos, inclusos na versão 2.2 build são opcionais. Não há informações também se no futuro as extensões terão algum tipo de custo para o usuário. Porém, a julgar pela linha de trabalho da empresa, dificilmente as extensões serão cobradas.

As primeiras novidades

Para colocar o projeto em teste a BitTorrent está disponibilizando quatro aplicativos para os usuários: VirusGuard, uGadget, Raptr Free Games e VODO. Todos eles já estão integrados na versão 2.2 build. Portanto, depois de baixar e instalar o aplicativo, basta localizar a opção Apps, na lateral esquerda do programa.

Como são opcionais, cada um deles precisa ser habilitado pelo usuário. Para isso basta clicar no botão “Install”, logo abaixo de cada um dos ícones. A extensão será baixada e sincronizada com a App Store do uTorrent. Ela é aberta na mesma janela do programa, de modo que não é preciso acessar um novo endereço ou baixar programas complementares para este fim.

Virus Guard

Criado pela BitDefender, o Virus Guard é um complemento para proteção e segurança, permitindo checar apenas os arquivos baixados via uTorrent. O aplicativo promete atualizações constantes e eficácia no escaneamento de todos os arquivos baixados pelo programa.

Games para download dentro do uTorrent

uGadget

Este complemento acrescenta funções ao programa que vão muito além do uTorrent. O uGadget promete integração com o navegador, habilita a função de adicionar torrents com um único clique e inclui ferramentas como busca personalizada (a partir do mecanismo do Ask.com), integração com redes sociais e leitura de notícias.

Raptr Free Games

O Raptr Free Games oferece para o usuário uma plataforma de download de jogos específicos gratuitos. Inicialmente dez games figuram na lista, composta em sua maioria por MMORPGs. Para baixar qualquer um dos jogos basta clicar no botão de “download”. Ele será baixado como qualquer outro aplicativo P2P.

VODO

Este, em princípio, promete ser um canal de novidades dentro do uTorrent. Todo mês o aplicativo trará downloads exclusivos. No dia a dia os principais lançamentos também serão apresentados com destaque. Além disso, vídeos e curtas produzidos por usuários e produtoras independentes também devem figurar na lista de estrelas do VODO.

Possibilidades futuras

Como toda grande novidade que surge na internet, só o tempo poderá dizer se os aplicativos e extensões para programas P2P irão se tornar tão necessários quanto às extensões dos browsers. Porém, não há dúvidas que muitas possibilidades se abrem a partir deste lançamento.

A primeira delas fica por conta da descentralização do processo criativo por parte dos desenvolvedores. Isso amplia em muito as possibilidades para programadores independentes explorarem um programa já consagrado pelos usuários e apresentar soluções em sintonia com as necessidades e anseios dos usuários.

Visual na App Store do uTorrent é similar ao da loja da Apple

Resta saber se haverá algum incentivo por parte da BitTorrent para que isso aconteça. Afinal, como pelo menos em princípio, as extensões não serão comercializadas, é preciso que haja alguma contrapartida, além da visibilidade, para que algumas empresas embarquem no projeto.

Já para os usuários, pelo menos duas premissas poderão ser colocadas à prova nos primeiros aplicativos de teste. Uma delas implica em fazer com que o usuário passe mais tempo no uTorrent. A ideia é transformá-lo em uma espécie de central de downloads, um iTunes dos torrents.

Por outro lado, a possibilidade de personalizar o aplicativo à sua maneira, incluindo ou excluindo novas funcionalidades de acordo com o perfil do usuário, vai ao encontro do que se espera dos programas atuais. A novidade pode resultar em um programa mais leve e prático.

VODO promete vídeos e conteúdo diferenciado para os usuários

Resta saber se a concorrência também irá embarcar na novidade. Estaremos diante do início uma nova era nos compartilhadores P2P? Só o tempo e os usuários é que poderão dizer.

O que você achou desta novidade no mundo dos torrents? Acredita que a proposta das extensões para o uTorrent dará certo? Participe opinando nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: