Atraso na entrega de baterias pode ter impactado resultados da Tesla

1 min de leitura
Imagem de: Atraso na entrega de baterias pode ter impactado resultados da Tesla
Avatar do autor

A Tesla divulgou seus resultados de entregas de veículos para o segundo semestre de 2017 e, como uma leve surpresa, o que se teve foi uma ligeira queda em relação aos três primeiros meses do ano.

Embora a companhia tenha produzido 25.708 veículos, 22 mil foram entregues entre abril, maio e junho, sendo 12 mil Model S e 10 mil Model X. No primeiro trimestre de 2017, a empresa entregou 25 mil carros, sendo que a produção ficou em 25.408 unidades.

A causa para a leve queda, segundo a Tesla, foi o atraso na entrega das baterias de 100 kWh – que, diga-se de passagem, você pode ver como é uma por dentro em outra matéria que fizemos ontem.

A produção das células só estava conseguindo atender 40% da demanda, mas a situação já foi regularizada – principalmente por conta da chegada do Model 3, que a marca também citou em seus relatórios.

O novo modelo, que já vai ter sua primeira unidade de validação saindo da linha de montagem nesta sexta-feira e outras 30 unidades sendo entregues no fim do mês. A produção do novo veículo deve começar em um ritmo moderado, superando as 1,5 mil unidades a partir de setembro até chegar nas 20 mil em dezembro.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Atraso na entrega de baterias pode ter impactado resultados da Tesla