De acordo com o nosso fuso horário, Elon Musk se atrasou. Ainda assim, durante a madrugada, o CEO da Tesla cumpriu sua promessa e deu mais informações a respeito do lançamento do aguardado carro da marca, o Model 3.

Musk revelou em seu Twitter que uma festa para a entrega das primeiras 30 unidades acontecerá no dia 28 de julho, depois de o modelo ter passado por todos os requerimentos regulatórios com duas semanas de antecedência.

A partir de agosto a produção do Model 3 deve subir exponencialmente: 100 unidades em agosto e um salto generoso para mais de 1,5 mil em setembro – até chegar em 20 mil por mês em dezembro.

Um dos grandes destaques para essa novidade é que, diferente do que aconteceu com os modelos anteriores, parece realmente que as datas de lançamento serão honradas e a produção vai seguir o plano. O Model S saiu da linha com seis meses de atraso e o Model X ficou impressionantes dois anos na geladeira até se tornar realidade.

De qualquer forma, a Tesla tem um desafio pela frente: a estimativa é que quase 400 mil reservas já foram feitas desde a revelação do Model 3, feita no ano passado. A empresa espera conseguir produzir 500 mil veículos em 2018 – ao longo de toda a linha –, dobrando a marca até 2020.

Para isso, a Tesla está contando com a possibilidade de abrir uma fábrica na China, já que sua Gigafactory está a todo vapor na produção de baterias e Elon já se manifestou dizendo que a planta de Fremont não tem estrutura para atingir a quantidade desejada.

Cupons de desconto TecMundo: