Desde a invenção dos computadores tornou-se comum ouvir a palavra tecnologia por todo canto. O que antes era feito manualmente começou a receber a modernização de braços abertos, fator pelo qual hoje contamos com a tecnologia em todos  — ou quase — os ramos. Os  bancos também entraram no mundo tecnológico há muito tempo, nota-se isso pela adesão aos computadores por agências bancárias, pela implementação de caixas eletrônicos e pelos sistemas de segurança instalados nos bancos para a proteção dos cofres.

Nossa equipe está sempre antenada com qualquer tipo de tecnologia e por isso hoje resolvemos criar um artigo especial para falar sobre as novidades no mundo bancário. Prepare-se para conhecer o que está sendo feito para facilitar e agilizar sua vida na hora de efetuar saques e ter uma segurança ainda maior.

Os caixas eletrônicos

Quando instalaram os leitores dos códigos de barras em caixas eletrônicos, todo mundo ficou impressionado. A utilização de telas sensíveis ao toque foi outra tecnologia que facilitou e surpreendeu muita gente. Contudo, tais tecnologias agora são comuns e já existem computadores e leitores de códigos de barras para utilizar em qualquer lugar. Obviamente, nenhum setor de tecnologia fica estagnado no tempo, assim também acontece com as empresas que desenvolvem novidades para os bancos.

Caixas eletrônicos do Bradesco utilizam tecnologia PalmSecure da Fujitsu

Fonte: Divulgação

Ainda no ano passado, o Banco Bradesco começou a modificar o sistema de cadastro dos seus clientes. Escolheram um determinado grupo de pessoas para testar o novo sistema de acesso aos caixas. Trata-se da implementação do sistema de biometria, em que o cliente utiliza a palma da mão para acessar a conta bancária e efetuar diversas transações. A tecnologia, conhecida como PalmSecure, criada pela Fujitsu,  permite a leitura dos vasos sanguíneos da mão.

Caixa eletrônico no Japão com leitor biométrico

Além desse tipo de tecnologia, existem caixas que contam com o leitor biométrico, no qual basta o cliente colocar o dedo polegar (ou o indicador) no leitor para ter acesso às funções do banco. Outro sistema que já existe em outros países é o leitor da íris, no qual o aparelho reconhece o usuário através do olho.

Em alguns países o olho é suficiente para identificar o cliente

Segundo o site do Bradesco, parece que a nova tecnologia tem sido bem aceita, tanto que a empresa instalou 5,6 mil caixas equipados com o sistema biométrico (leia a notícia completa). Com tudo isso, podemos perceber que o futuro já é agora, mas será que ele é realmente seguro?

Transporte do dinheiro

Um grande problema que os bancos enfrentam há tempos é o transporte de dinheiro das agências para os caixas. Geralmente a tarefa é realizada com a ajuda de carros-fortes, porém em muitos casos ocorrem roubos, extravio do dinheiro ou acidentes com os veículos. Tudo isso leva os bancos a repensarem nesta questão, porque perder dinheiro constantamente não é interessante para as companhias bancárias.

No ano passado a empresa Sintel, especializada em tecnologia, anunciou e demonstrou uma novidade que pode garantir a segurança do dinheiro transportado pelos carros-fortes (veja a notícia no site oficial da Sintel). Segundo o site oficial da empresa, uma nova solução para os frequentes problemas que ocorrem com o transporte de dinheiro seria a maleta inteligente.

O sistema “Cash Protection Solution” (solução de proteção de dinheiro) funciona da seguinte forma: o dinheiro é colocado na maleta inteligente, a qual possui um sistema que reconhece as impressões digitais das pessoas autorizadas. Caso uma pessoa não autorizada tente transportar a maleta, o sistema interno do dispositivo dispara um alarme sonoro e ainda solta uma tinta vermelha nas cédulas para inutilizá-las. Talvez essa tecnologia não seja a melhor solução, mas ao menos ladrões não terão como usar o dinheiro para outros fins. Confira o vídeo (em francês) que demonstra a tecnologia da maleta inteligente:

Saque seu dinheiro usando o celular

O Banco do Brasil também está modernizando seus sistemas eletrônicos, mas a diferença é que o BB optou por investir em uma facilidade para o cliente que não deseja utilizar seu cartão para sacar dinheiro. O novo serviço, chamado de “Saque Sem”, está disponível para todos os clientes e funciona da seguinte forma: o usuário deve aderir ao serviço num terminal de autoatendimento.

Use o celular para sacar seu dinheiro

Depois disso, o cliente deve apenas enviar um SMS para o número do banco (ou acessar o site) e aguardar o recebimento de um código em seu celular. A partir daí, o cliente pode utilizar esse código junto com sua senha em qualquer terminal para sacar até 100 reais por dia. Detalhe: o código de autorização é válido somente para o dia em que o cliente o solicita.

A adesão do serviço é muito fácil através do site

O anúncio oficial do Banco do Brasil diz que nos seis primeiros meses, contados a partir do dia de adesão do serviço, não é cobrado a taxa de manutenção. Após este período, o cliente deve pagar R$1,40 após o quarto saque mensal quando utilizar o serviço.

E como fica a segurança diante de tantas tecnologias?

Tudo indica que com as novas tecnologias a segurança e a praticidade devem melhorar muito, entretanto nem todo mundo pensa assim. Com a instalação de novos caixas eletrônicos, tanto os que contam com reconhecimento biométrico como os que utilizam a identificação através da íris, pode ser que a vida do cliente corra ainda mais riscos, afinal, os criminosos usam de todas as artimanhas possíveis para obter o dinheiro dos cidadãos de bem (e dificilmente as novas tecnologias os impedirão).

Seu dinheiro estará mais seguro?

A maleta inteligente pode ser realmente útil, porque ainda que ela não permita a recuperação do dinheiro, ao menos impede que os criminosos utilizem as cédulas. O saque por mensagem de texto é outro recurso que ajudará muito na segurança, pois se o cliente não carrega o cartão, o máximo que um ladrão pode obter será a quantia de cem reais.

Nos dê sua opinião

Tudo isso parece coisa de filme, mas é a realidade já instalada no Brasil e que está para chegar a alguns estados. O que você acha dessas tecnologias? A segurança deve aumentar? Dê sua opinião, ela é fundamental para um debate sobre o futuro da segurança das finanças em nosso país.

Cupons de desconto TecMundo: