Quase todas as profissões do mercado se beneficiam da presença online. Divulgação de trabalhos, estabelecimento de contatos e troca de experiências são normalmente citadas como as principais vantagens obtidas por qualquer profissional sobre a web.

Mas a internet também abriu espaço para uma infinidade de novos modelos de negócios, como lojas virtuais, serviços exclusivamente online e até mesmo os probloggers.

Este artigo vai iniciar uma busca de entendimento, procurando explicar melhor o como dos negócios online. Naturalmente a quantidade de material a respeito de cada tópico citado aqui é enorme, e são vários os especialistas existentes em cada um deles.

As lojas virtuais

Lojas online exigem cuidados com o controle financeiroO e-commerce é mais uma possibilidade de expansão de negócios. Lojas, fábricas, artesãos e produtores individuais podem trabalhar pela rede – através de um site construído especificamente para a venda de produtos.

Com o crescimento do acesso à internet por todas as camadas da população, o sucesso desse tipo de empreendimento aumentou bastante. Bancos e financeiras criaram modelos para facilitar o comércio online, sendo que hoje não é mais obrigatório ter um cartão de crédito para a compra.

O grande desafio da loja online é manter a satisfação de seus clientes. Entregas rápidas e atendimento imediato a qualquer comentário ou dúvida do comprador são essenciais. Uma crítica em uma rede social pode acabar com um negócio, gerando publicidade negativa imediata e de alto impacto.

Iniciativas como o PagSeguro e o MercadoPago – que permitem pagamentos por cartão de crédito, débito em conta de diversos bancos e também por boleto bancário – oferecem, em alguns casos, até mesmo a garantia da entrega do produto comprado, devolvendo o dinheiro do consumidor em caso de falha logística.

Com esse tipo de segurança, o comprador se sente confiante no comércio eletrônico, e aproveita a comodidade de fazer suas escolhas com calma, pesquisando entre diversas ofertas e produtos. Assim a compra é mais esclarecida, tornando-se melhor tanto para o lojista quanto para o consumidor.

Lojas são uma das formas de ganhar dinheiro na webEmpreendimentos dessa natureza são – normalmente – extensões de lojas físicas, e portanto devem ser projetados respeitando a filosofia da empresa original. Para criar um ambiente exclusivamente online o empreendedor deve ter um excelente plano de negócios, pois a competição é muito forte para a maioria dos produtos.

Uma pequena variação das lojas virtuais são pessoas jurídicas instituídas com anúncios em sites de leilão e comércio individual. O custo operacional é bem menor, o risco pode ser minimizado usando ferramentas do próprio site, mas você não tem a atenção exclusiva do comprador.

A propaganda na rede

Designers, programadores e diversas outras profissões podem sobreviver apenas na redeCertamente uma das mais difundidas maneiras de se ganhar dinheiro a partir da internet é divulgar seu negócio. Portfólios, redes sociais – segmentadas ou não –, email-marketing e por aí vai.

Isso tudo é especialmente importante se o seu plano é produzir de maneira remota. Designers, redatores, manipuladores de imagem, autores e diversas outras profissões têm condição de existir exclusivamente no espaço virtual.

Com material bem produzido, sites fáceis de navegar – e em diversos idiomas –, e ferramentas de otimização (SEOsearch engine optimization, otimização para mecanismos de busca) é possível trabalhar no mundo inteiro, sem sair de casa.

Otimizar seu site para buscas aumenta a chance de encontrarem seu trabalhoO maior problema de tentar promover seu serviço na internet é a concorrência. Não importa quão bom você seja, a probabilidade de alguém igualmente capaz – e em alguns casos até melhor – estar presente na mesma página dos resultados de busca é bem alta.

Assim, não bastam amostras de excelentes trabalhos. Relacionamento com o cliente, facilidades de negociação e até mesmo a presença em redes sociais como o Facebook e o Twitter podem ser decisivos para uma contratação.

Blogando para viver

Há tempos os blogs não são mais – apenas – “diarinhos” contando sobre o fim de semana de algum adolescente revoltado. Informação jornalística em tempo real, novidades sobre qualquer assunto que você imaginar: de tecnologia e política a aquarismo ou RPG.

Manter um blog não é tão simples quanto parece

Muita gente trabalha em blogs, por mais incrível que isso pareça ser. A própria equipe do Baixaki, de certa forma, é composta por blogueiros profissionais, afinal o trabalho consiste em produzir conteúdo diariamente, sobre um tema específico.

Blogs podem se tornar uma excelente fonte de renda, quando feitos com critério e conhecimentoMas para quem quiser viver do seu próprio blog a situação é mais complicada. Conteúdo atrativo e original, layouts, comentários, emails, quem sabe um podcast e atualizações constantes dão trabalho. Muito trabalho.

É necessário divulgar o blog, pesquisar as pautas que encaixam no seu estilo, escrever, buscar imagens, analisar o retorno dos leitores e ainda por cima transformar tudo isso em dinheiro. Para isso, o problogger tem como aliados: SEO, AdSense, AdWords, parcerias com sites de busca ou de leilões (os chamados planos afiliados) e também informes publicitários.

Quer tentar?

Independente de como você pretende ganhar na web, cuide das finanças sempreO Baixaki – com este material – quer apenas despertar a sua curiosidade e, quem sabe, inspirar você a começar seu próprio negócio na rede. Se alguma parte deste artigo se alinhou com suas próprias pretensões, siga em frente!

Procure assessoria do SEBRAE ou de qualquer outra agência de fomento da sua região. Lembre-se de que um “não” você já tem, mesmo sem tentar. O “sim” só vem com muito esforço, extrema dedicação e um pouquinho de sorte.

Cupons de desconto TecMundo: