Aparelhos inteligentes são os mais procurados. (Fonte da imagem: Reprodução/Titanium Runner)

Já era esperado, mas os resultados chegaram antes do que se imaginava. Os smartphones superaram pela primeira vez os celulares comuns ou featurephones no número de vendas e participação no mercado nas pesquisas da Gartner. O estudo contabilizou a venda de 435 milhões de aparelhos no segundo trimestre deste ano, sendo que 51,8% deles foram smartphones.

Fora isso, a consultoria ainda conseguiu filtrar a quantidade de aparelhos vendidos por fabricante e sistema operacional. Dessa forma, como já era esperado, o Android fica na dianteira no campo dos SOs mobile, com quase 80% do mercado. O iOS é o segundo colocado, tendo reduzido sua participação se comparado com o mesmo período do ano passado.

Fora isso, como os números do IDC já tinham mostrado anteriormente, o Windows Phone da Microsoft realmente se estabilizou na terceira colocação na lista dos SOs mais vendidos no mundo inteiro, deixando o Blackberry para trás com menos de 1% de diferença. O WP apresentou crescimento de 83% no último ano, enquanto a concorrente encolheu mais de 23%.

Na tabela, você consegue conferir a evolução de cada sistema operacional no último ano, sendo que as os números representam os milhares de unidades vendidos em todos os países e a porcentagem de participação no mercado de smartphones.

Quantidade absoluta de unidades deve ser multiplicada por mil. (Fonte da imagem: Tecmundo)

Venda de celulares comuns e smartphones

Chegando ao campo das fabricantes de aparelhos simples e “inteligentes”, a diferença entre o primeiro e o segundo colocado diminui bastante, mas a Samsung (24,7%) lidera também com folga. A empresa tem 10 pontos percentuais a mais que a segunda maior vendedora de celulares no mundo, a Nokia (14%). A Apple segue na terceira colocação, sendo esse número referente aos dados de smartphones e celulares comuns somados.

É interessante notar a falta da Motorola na tabela da Gartner, que se refere apenas ao segundo trimestre deste ano, quando a fabricante ainda não tinha feito sua recente investida no mercado de aparelhos médios. Fora isso, a empresa praticamente abandonou os celulares comuns em detrimento dos modelos com Android, o que pode também contribuir para seu resultado.

Disputa pelo mundo dos smartphones

O número de vendas deve ser multiplicado por mil. (Fonte da imagem: Tecmundo)

Se desconsiderarmos os celulares comuns, ficando apenas com os smartphones, o cenário entre as fabricantes muda um pouco, mas ainda mostra a mesma líder. A coreana Samsung também lidera esse segmento do mercado, seguida pela Apple e pela LG.

É interessante notar a presença da Lenovo no campo dos maiores vendedores de smartphones, sendo que a empresa ainda não tem grande alcance global, como a Nokia, que nem aparece na lista. A Gartner explica que a finlandesa viu a venda de sua linha Lumia crescer mais de 112% no último ano e atribui o sucesso ao grande portfólio da fabricante. Ainda assim, como a queda anterior tinha sido muito grande, a empresa ainda não conseguiu recuperar a participação que tinha na era pré-Android/iOS.

Cupons de desconto TecMundo: