Na última sexta-feira (6), a fabricante japonesa Fujitsu revelou que está trabalhando no primeiro sistema de reconhecimento de movimentação de pessoas em imagens de baixa resolução do mundo. Com isso, seria possível registrar a forma como um grupo se desloca em determinado espaço.

A tecnologia consegue identificar até mesmo um indivíduo em meio a vários outros, mesmo que estes estejam em movimento, através da detecção de características próprias de cada pessoa, como o modo de caminhar e a cor das roupas. Diversas câmeras distribuídas ao longo de um trajeto servem como guia para o sistema, que consegue reconhecer padrões de movimentação mesmo que a resolução seja tão baixa que seja impossível distinguir feições humanas.

Dessa forma, a empresa espera que preocupações com a privacidade das pessoas diminuam, uma vez que o reconhecimento facial não seria possível com a utilização dessa tecnologia. A precisão atual do sistema é de 80% de acerto em ambientes internos, mas ainda há espaço para melhorias.

Fora a detecção de pessoas suspeitas de ter cometido algum tipo de crime, outro uso interessante do projeto aconteceria dentro de lojas: o proprietário analisaria o padrão em que os clientes mais se movimentariam no estabelecimento, e, a partir dessa informação, poderia melhorar a distribuição de mercadorias e o posicionamento de funcionários no local, buscando um aumento nas vendas.

Outra ideia de implementação do sistema seria na análise do tráfego de pedestres nos grandes centros, o que poderia ajudar os órgãos de trânsito a planejar melhor o fluxo de veículos no entorno de grandes eventos ou a evacuação de pessoas em situações de risco, por exemplo.

A Fujitsu planeja realizar mais testes com a tecnologia ao longo deste ano e talvez iniciar a comercialização do mesmo em algum momento de 2016.

Cupons de desconto TecMundo: