A cidade de Shenzhen, na China, pode ser um lugar completamente desconhecido para você, mas tem ganhado importância e se destaca no cenário econômico asiático. O lugar pegou o embalo de Hong Kong, que fica do outro lado na mesma baía, e agora quer construir uma superestrutura chamada Cloud Citizen, um conjunto de torres que funcionará como uma cidade dentro de outra.

Como você confere nas imagens, haverá muito espaço nesse conjunto de prédios e todos serão interligados com estruturas diagonais e horizontais. No chão, no meio de todos eles, haverá um parque bem verde e com muita água.

O empreendimento foi escolhido em um concurso realizado pela cidade para criar uma estrutura como essa, a fim de colocar Shenzhen na vanguarda do novo modelo de construção de cidades. A ideia é que as pessoas morem e trabalhem no Cloud Citizen e tenham ainda uma infinidade de serviços e produtos ao seu dispor, incluindo lazer em espaços abertos.

A maior torre será a segunda mais alta do mundo, atingindo os 680 metros de altura. Na base, o terreno ocupado será de 170 hectares, incluindo o parque centralizado e outros elementos nas proximidades. No fim das contas, esse lugar deve atrair grandes empresas e ser um bom local para criar novos negócios, já que todo mundo estará sempre por perto.

Fora tudo isso, o projeto está sendo elaborado de uma forma que tenha pouco impacto ambiental. Na verdade, a expectativa é que a estrutura melhore o clima da região, servindo como uma barreira para as nuvens que cobrem a cidade por longos períodos do ano.

O Cloud Citizen ainda vai colher água da chuva e gerar sua própria eletricidade por vários meios, utilizando painéis solares e alguns outros elementos. Ainda não há uma previsão concreta para a finalização da obra nem um orçamento preciso. Mesmo assim, imaginamos que ambos os números serão bem impressionantes.

Cupons de desconto TecMundo: