Alguns pesquisadores da Universidade Estadual de Michigan estão trabalhando em um painel solar diferente de muitos que já existem por aí. O motivo? Ele é transparente. 

De acordo com as informações divulgadas, a ideia do time de desenvolvimento é que o sistema consiga converter mais de 5% da luz que passa por ele em energia. Diferente de outros painéis, que utilizam células de silicone escuras para coletar a energia e convertê-la em eletricidade usando o efeito fotovoltaico, a nova tecnologia recorre à condução de ondas de calor para as células solares localizadas nas extremidades do painel. 

“Como os materiais não absorvem ou emitem energia em um espectro visível, eles parecem transparentes aos olhos humanos”, explicou Richard Lint, líder da pesquisa. 

Uma das vantagens do desenvolvimento dessa tecnologia é a sua flexibilidade. Apesar de o projeto ainda estar em estágio inicial, ele tem potencial para ser usado em aplicações comerciais e industriais por um preço acessível.

Cupons de desconto TecMundo: