Não é novidade para ninguém que a tecnologia está se desenvolvendo de maneira relativamente acelerada, de modo que novos tipos de aparelhos e serviços surgem a todo o momento. Acontece que uma máquina oriental pode assustar (ou impressionar) pessoas ao redor de todo o mundo, principalmente alguns dos homens mais solitários.

Isso porque uma equipe de pesquisadores japoneses, da Universidade de Gifu, criou uma espécie de robô que é capaz de transmitir a sensação do toque em seios diretamente para a sua mão. E, ao contrário do que muita gente pode imaginar, o objetivo é o de auxiliar estudantes de medicina a aprenderem e a se acostumarem com exames mamários feitos em mulheres.

Mais sério e útil do que parece...

Essa conquista é um grande passo para a tecnologia háptica — ramo que trabalha com interações táteis —, já que a maciez de um seio ou de qualquer outro material era algo realmente difícil de ser reproduzido. O motivo é o simples fato de que o ser humano é capaz de sentir várias sensações de uma vez só, de forma que a reprodução virtual teria que ser praticamente perfeita.

Comparação da utilização da máquina e toque em prótese de silicone.

Para que isso pudesse acontecer, os pesquisadores desenvolveram uma mão robótica que é ligada individualmente nas pontas dos dedos da mão humana. Com isso, a máquina utiliza uma folha de gel que fica em contato com a pele, com dois rolos em cada extremidade — e um motor vai girando esses rolos e mudando a tensão do gel.

Quanto mais firme a “folha” ficar, maior é a sensação de rigidez, enquanto a maciez se dá com uma tensão menor. Com isso, a criação japonesa pode reproduzir a sensação de tato em diferentes superfícies, tornando a mão robótica realmente útil — o que, em teoria, também pode incluir objetivos recreativos.

Cupons de desconto TecMundo: