Os especialistas não se cansam de afirmar que as tecnologias de rastreamento dos olhos serão uma questão importante para os consumidores em um futuro próximo. No entanto, antes de os novos recursos atingirem você, eles primeiro devem chegar aos desenvolvedores – e é exatamente isso o que a empresa Tobii quer realizar.

A companhia especializada revelou recentemente sua EyeX Engine, um novo conjunto de ferramentas que fornece aos desenvolvedores formas simplificadas de inserir o suporte a rastreamento de olhos em seus aplicativos e dispositivos. As possibilidades que surgem com a técnica são bastante interessantes, como podemos ver no vídeo acima.

Com a tecnologia, os criadores podem, por exemplo, fazer notificações que desaparecem quando você as lê ou desenvolver jogos de terror que respondem dependendo do ponto da tela em que sua visão estiver concentrada. Segundo a empresa, todas essas possibilidades oriundas do rastreamento podem chegar ao hardware do público em geral já no próximo ano.

Batalha em dois fronts

De acordo com a Tobii, a EyeX Engine busca facilitar a utilização do rastreamento de olhos em dois fronts: o dos desenvolvedores e o dos consumidores. Para os criadores, a ferramenta busca guiar e incentivar a adoção da técnica – quanto mais os programadores puderem brincar com a novidade, maior a probabilidade que a usem seriamente.

Já no lado dos usuários, a ideia é que o produto da companhia especializada ajude na criação de uma experiência de uso que seja consistente nos mais variados aplicativos, sistemas operacionais e dispositivos, da mesma forma que ocorreu com o mouse e o teclado.

(Fonte da imagem: Divulgação/Tobii)

Além da EyeX Engine, a Tobii também anunciou o EyeX Controller (que você vê na imagem acima), um rastreador de olhos externo que deve substituir o atual controle Rex da empresa. O novo produto deve chegar ao mercado a partir de março do ano que vem.

Cupons de desconto TecMundo: