A Microsoft demonstrou recentemente um novo tradutor universal capaz de converter palavras de um idioma para outro em tempo real, usando a voz dos próprios usuários para falar a língua estrangeira. Apresentada durante uma conferência da empresa na China, a novidade foi criada em parceria com a Universidade de Toronto.

A empresa revelou em janeiro deste ano que estava desenvolvendo o projeto, que atualmente é capaz de trabalhar com palavras em espanhol, mandarim chinês, italiano e inglês. Para que o processo de conversão seja possível, é preciso que a voz de uma pessoa falando seu idioma nativo seja armazenada junto à de um falante da língua para qual as traduções devem ser feitas — ou seja, no caso de uma mudança para o chinês, é preciso que o banco de dados utilizado contenha informações coletadas de uma pessoa que fala o idioma fluentemente.

Tecnologia precisa

O que mais surpreendeu na apresentação feita pela Microsoft na China é o grande grau de precisão alcançado pela tecnologia. Segundo Rick Rashid, oficial-chefe de pesquisas da organização, a cada oito palavras ditas, sete sempre são convertidas de forma correta. “É claro, ainda é possível ocorrerem erros tanto no texto em inglês quanto na tradução para chinês, provocando resultados bastante engraçados”, reconhece o executivo. “Mesmo assim, a tecnologia chegou a um ponto em que se tornou bastante útil”, complementa.

A empresa pretende continuar trabalhando em meios de aprimorar a tecnologia e aumentar ainda mais seu grau de precisão. Até o momento, não há qualquer previsão de quando a novidade deve marcar presença em dispositivos com o Windows Phone, que seriam um dos principais beneficiados com um recurso do tipo.

Cupons de desconto TecMundo: