(Fonte da imagem: Reprodução/Wired)

Construir aparelhos que façam com que o homem voe é um desafio grande, até mesmo para os mais sofisticados engenheiros. E o que você diria de um helicóptero movido à força humana? O projeto é tão difícil que é alvo de um dos prêmios mais antigos da aviação, mas é justamente isso que uma equipe de alunos americanos está construindo.

O time estuda na University of Maryland e construiu um protótipo de helicóptero, chamado Gamera II, que voa devido à força de uma pessoa — neste caso, o piloto que precisa pedalar para levantar voo. A equipe conseguiu ficar no ar por 50 segundos, ultrapassando em 10 segundos o seu antigo recorde.

O prêmio que está perto de ser alcançado é o Igor I. Sikorsky, da Sociedade Americana de Helicópteros. Para requisitar a recompensa de US$ 250 mil (cerca de R$ 500 mil) é necessário voar por um minuto inteiro, em uma altura mínima de 3 metros e dentro de um espaço de até 10 metros quadrados.

Por haver tantas especificações, o grupo de Maryland tem um dos apenas três projetos de helicóptero movido por força humana já relatados pela história da aviação. O antigo recorde oficial era de uma equipe japonesa, que voou por 19 segundo em 1994.

Se você quiser acompanhar os avanços dos estudantes, basta acessar este site aqui.

Fonte: Wired

Cupons de desconto TecMundo: