Até hoje, Steve Jobs já conseguiu aprovar o registro de 458 patentes nos EUA e, desse total, quase um terço foi aprovado depois de sua morte. Nesses últimos três anos depois do seu falecimento, foram 141 itens registrados, nem todos em nome da Apple e nem todos relacionados à tecnologia.

Jobs foi inclusive citado como inventor em uma patente que protege um design de um iate enorme. Há também registros mais curiosos relacionados à tecnologia em que ele participa, como um que prevê o uso de tablets como o iPad para controlar veículos marinhos.

Com tantos registros em seu nome, sendo Jobs o inventor principal ou secundário, há quem considere o ex-CEO da Apple o maior inventor do mundo. Apesar disso, como nos EUA é permitido patentear designs de equipamentos sem de fato descrever como eles funcionariam, esse título poderia ser questionado. Muitos dos registros em que Jobs é citado são apenas esquemas.

Essa dimensão inventora da vida de Jobs é raramente abordada em biografias e reportagens sobre sua vida. A mais recente história sobre ele que seria publicada era uma cinebiografia produzida pela Sony Pictures. A empresa desistiu do projeto, que foi abraçado então pela Universal Pictures.

Cupons de desconto TecMundo: