Jobs e o início dos negócios na década de 1970. (Fonte da imagem: Reprodução/Dan Tynan)

Chrisann Brennan, uma das namoradas que Steve Jobs teve durante a fase mais rebelde (antes de estabelecer a Apple como uma das maiores companhias do mundo dos eletrônicos), vai contar alguns detalhes do relacionamento entre os dois por um livro de memórias que deve ser lançado em 2013.

O livro deve cobrir o namoro com Jobs, a fundação da Apple e o desenvolvimento do que Chrisann considera uma “ambição e frieza para negócios e relações pessoais” do executivo em sua fase adolescente e de jovem adulto.

Famosa por criticar abertamente o ex-namorado, cujo falecimento completa um ano nesta sexta-feira (05), Brennan chegou a morar com Jobs por alguns anos em uma cabana e foi a grande companheira do cofundador da Apple em sua fase mais mística e esotérica, de 1972 a 1978. O fruto do relacionamento foi uma filha, Lisa Brenna-Jobs, que sofreu com a ausência do pai por várias décadas e foi a inspiração para um dos primeiros computadores da Maçã, o Lisa.

Fonte: The New York Times

Cupons de desconto TecMundo: