Já acostumada a reutilizar foguetes em seus lançamentos, a SpaceX deu outro importante passo em seus planos de exploração espacial no último sábado (3). A data marcou a primeira vez que a empresa conseguiu usar novamente uma cápsula Dragon em uma missão que manda suprimentos à Estação Espacial Internacional.

Embora o veículo não seja tão complexo quanto um Falcon 9, o lançamento provou que ele consegue ser usado várias vezes sem problemas — o objetivo da companhia é que cada cápsula seja usada três vezes. O sucesso dos testes é especialmente importante para a redução dos custos de operação em missões futuras.

Outra vitória conquistada pela SpaceX foi conseguir novamente pousar com sucesso um foguete Falcon 9 em Cabo Canaveral, algo que já está se tornando rotineiro para ela. O próximo avanço nos planos da empresa deve acontecer com o lançamento do Falcon Heavy, que deve ter combustível suficiente para fazer trajetos completos de ida e volta.

A previsão de Elon Musk é que sua companhia vai conseguir reutilizar totalmente as partes de um foguete em algum momento de 2018. Quando o objetivo foi cumprido, ele deve trazer como consequência uma redução nos custos de viagens futuras e um aumento no número de missões destinadas ao espaço, especialmente aquelas que anteriormente não podiam ser justificadas por seu preço alto demais.

Cupons de desconto TecMundo: