De acordo com o jornal sul-coreano DigiTimes, podemos presenciar uma grande mudança nos próximos anos. Isso porque mais duas fabricantes de dispositivos mobile podem deixar de depender de processadores de empresas especializadas e comecem a produzir os próprios chips para tablets e smartphones.

LG e Sony seriam as novas integrantes desse grupo, que já conta com Apple, Huawei e Samsung. Os processadores caseiros aparentemente aumentaram renda e valor de mercado dessas companhias, o que levou essas outras empresas a seguir os passos.

Essa tendência de produzir os próprios processadores permite uma personalização ainda maior do dispositivo e otimização da potência dos chips. Se isso acontecer, marcas como Qualcomm e MediaTek podem sofrer quedas de mercado ou terem que se reinventar.

O que você acha de Sony e LG fazendo os próprios processadores? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: