Amy Pascal, atual chefe da Sony Pictures Entertainment (SPE), deve deixar seu cargo na presidência do estúdio em maio por conta das polêmicas levantadas pelo ataque hacker que a empresa sofreu no final de 2014. Além de vários filmes ainda inéditos, os hackers vazaram emails com conteúdo sensível, especialmente textos em que Pascal fazia comentários racistas acerca de atores negros norte-americanos e do presidente dos EUA, Barack Obama.

O CEO da Sony Corporation, Kaz Hirai, fez um pronunciamento oficial acerca da saída de Pascal da presidência da SPE. “Em seus anos na Sony Pictures, Amy trabalhou com alguns dos melhores talentos da indústria cinematográfica criando vários dos nossos mais amados e bem-sucedidos filmes. Eu quero agradecê-la pelos seus anos de dedicação e estou feliz com o fato de que ela vai continuar trabalhando com a SPE em sua nova empreitada”, disse Hirai.

Essa nova empreitada de Pascal a qual o CEO da Sony Corporation se refere é a nova função da executiva na SPE. Ela deve trabalhar como produtora em um projeto ainda não revelado. Fora isso, até o momento, nenhum comentário sobre um substituto para o cargo atual de Pascal foi feito. Isso deve acontecer nos próximos meses, já que ela deixará o cargo já em maio.

Cupons de desconto TecMundo: