Ontem, por meio de comunicado oficial, a Sony solicitou à Financial Services Agency (FSA), órgão de fiscalização financeira do Japão, uma aprovação para o adiamento da publicação do seu balanço financeiro referente ao terceiro trimestre do atual ano fiscal, que se encerra em março de 2015.

A companhia deveria divulgar o relatório até o dia 16 de fevereiro, mas está pedindo para que esse prazo seja estendido até o dia 31 de março. O motivo da requisição é o ataque hacker sofrido pela empresa em novembro do ano passado, quando teve sua rede invadida e dados roubados por hackers, os quais estariam ligados com o governo norte-coreano, atitude tomada em represália à produção do filme “A Entrevista” — no qual o líder supremo da Coreia do Norte, Kim Jong-um, é ridicularizado e assassinado.

Com isso, a multinacional foi obrigada a desligar toda a sua rede, fato que ocasionou uma série de transtornos onerosos. Ainda em nota, a multinacional assegura que está trabalhando para recalcular seu balanço financeiro, mas que não espera que o prejuízo causado pelo ciberataque seja significativo nos seus resultados financeiros.

Cupons de desconto TecMundo: