Nvidia apresenta plataforma para criação de avatares de IA

1 min de leitura
Imagem de: Nvidia apresenta plataforma para criação de avatares de IA
Imagem: Nvidia/Divulgação
Avatar do autor

Avançando cada vez mais no desenvolvimento das suas tecnologias de inteligência artificial (IA), a Nvidia apresentou nessa terça-feira (9) o Omniverse Avatar. Trata-se de uma plataforma capaz de gerar avatares interativos que podem ser utilizados nas mais diversas situações.

Combinando recursos como reconhecimento de voz, rastreamento facial, fala sintética e animação 3D, a plataforma permite criar uma ampla variedade de assistentes virtuais. Esses personagens podem ver, compreender a intenção da fala humana e conversar sobre vários tipos de assuntos, de acordo com a companhia americana.

Durante sua apresentação na conferência anual GTC 2021, o CEO da Nvidia Jensen Huang compartilhou vários exemplos de como funciona o Omniverse Avatar. Em um deles (veja abaixo), uma versão animada do executivo discute temas como mudança climática e biologia com pessoas reais.

Já em outra demonstração, um avatar de atendimento em um quiosque de restaurante conversa com um casal, respondendo a perguntas sobre o cardápio do estabelecimento e reagindo às expressões faciais deles. Também foram apresentados um assistente virtual para motoristas e outro capaz de transcrever e traduzir conversas em tempo real.

Diferentes utilidades

Integrante da Nvidia Omniverse, uma simulação de mundo virtual em beta aberto com mais de 70 mil usuários, a plataforma Omniverse Avatar permite a criação de assistentes de IA personalizáveis para praticamente qualquer setor. Conforme a marca, é possível usar a tecnologia em "bilhões de interações diárias" de atendimento ao cliente.

"O Omniverse Avatar combina gráficos básicos da Nvidia, simulação e tecnologias de IA para fazer alguns dos aplicativos em tempo real mais complexos já criados. Os casos de uso de robôs colaborativos e assistentes virtuais são incríveis e de longo alcance", explicou Huang.

Embora algumas ferramentas básicas da solução já se encontrem disponíveis para testes, o Omniverse Avatar está em desenvolvimento e ainda não tem data para ser lançado. Outro detalhe é que o kit de desenvolvimento Nvidia Riva, utilizado no reconhecimento de voz, será gratuito para "trabalhos de pequena escala".