Microsoft anuncia Windows 11 SE, focado no mercado educacional

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft anuncia Windows 11 SE, focado no mercado educacional
Imagem: Reprodução
Avatar do autor

A Microsoft anunciou nesta terça-feira (9) o lançamento do Windows 11 SE, sistema operacional voltado para o mercado educacional. Focado especialmente para estudantes do ensino fundamental e médio, Windows 11 SE deve ser mais intuitivo e fácil de mexer. Segundo a empresa, o SO foi projetado para atender às observações de professores e profissionais de TI das escolas.

O que muda?

O Windows 11 SE será totalmente focado em armazenamento em nuvem e todas as atividades dos alunos do OneDrive serão sincronizadas e salvas nos documentos mesmo offline. Ou seja, os estudantes que não tiverem internet em casa não serão prejudicados. Assim, os aplicativos do Office, incluindo Word, Excel, PowerPoint, OneNote e OneDrive estão disponíveis para uso offline como parte da licença de uso do Microsoft 365.

No novo sistema operacional, todos os aplicativos são abertos automaticamente em tela inteira de forma padrão. O Snap Layouts, porém, ainda poderá ser utilizado pelo usuário, mas com apenas dois aplicativos por vez.

Por outro lado, o Windows 11 SE também perdeu alguns recursos e serviços, como o painel Widgets, a Microsoft Store e até a opção “Este PC” no Explorador de Arquivos por padrão.

Surface Laptop SE

Além do lançamento do Windows 11 SE, a Microsoft aproveitou para anunciar o Surface Laptop SE, computador também voltado para o mercado educacional. Com processador N4020 Celeron da Intel e combinações com 4 GB e 8 GB de RAM, além de 64 GB ou 128 GB de armazenamento, o dispositivo terá um display de 11,6 polegadas, que rodará em resolução de 1366 x 768. A expectativa da empresa é concorrer diretamente com os Chromebooks do Google.

O Surface Laptop SE será vendido exclusivamente para escolas pelo valor de US$ 249 (aproximadamente R$ 1.365, na conversão atual).