Huawei: HarmonyOS é o sistema que cresceu mais rápido na história

1 min de leitura
Imagem de: Huawei: HarmonyOS é o sistema que cresceu mais rápido na história
Imagem: Huawei
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O HarmonyOS é o sistema operacional móvel de adoção mais rápida da história das plataformas para tablets e smartphones. A informação veio da própria Huawei, a desenvolvedora do serviço, que confirmou a chegada do software para mais de 150 milhões de dispositivos.

Segundo a empresa, que realizou na última semana a edição deste ano da Huawei Developer Conference, o número foi alcançado em especial a partir de 2 junho de 2021, quando o HarmonyOS 2 foi apresentado oficialmente.

Mesmo com a atualização restrita para tablets e smartphones Huawei e Honor de algumas partes do mundo, a presença desses aparelhos especialmente na China ainda é massiva — a empresa ocupou por bastante tempo a segunda colocação no mercado global de venda de celulares.

Crescimento explicado

Em setembro, a plataforma já tinha mais de 120 milhões de usuários ativos e estava em mais de 100 produtos diferentes. Como a ideia é expandir para dispositivos IoT, TVs e smartwatches, o crescimento deve ser ainda maior durante os próximos meses.

Essa atualização liberada com uma boa base já estabelecida é o que permitiu o recorde: o iOS, Android e até o Windows Phone nasceram ainda com uma base pequena de aparelhos disponíveis e que eram lançados ao longo dos anos, enquanto a Huawei já aproveitou uma presença sólida para realizar a troca de sistema operacional.

Anteriormente, aparelhos da Huawei só poderiam utilizar o Android convencional ou, se lançados após a metade de 2019, a versão da plataforma da Google sem o ecossistema de apps e ferramentas nativas da empresa — Google Play Services.

Essa proibição, fruto da guerra comercial e das sanções políticas dos Estados Unidos, levou a marca a desenvolver um novo produto que ainda possui raízes no antigo aliado.