Harmony OS 2.0, da Huawei, é só uma versão modificada do Android

1 min de leitura
Imagem de: Harmony OS 2.0, da Huawei, é só uma versão modificada do Android
Imagem: Huawei
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Huawei lançou apresentou oficialmente em outubro de 2020 a segunda versão do Harmony OS, o sistema operacional próprio da fabricante chinesa, como uma alternativa caseira e feita do zero para destronar o Android. Afinal, graças aos conflitos com o governo dos Estados Unidos, ela foi proibida de utilizar o ecossistema da Google e estava restrita a uma versão limitada de código aberto da plataforma.

A partir do processo natural de cadastro, o site Arstechnica conseguiu obter uma cópia do sistema para compreender exatamente como esse concorrente planeja destronar o Android na China. E, de forma resumida, o que a equipe encontrou é somente uma modificação do próprio sistema da Google. Essa acusação inicialmente foi feita em dezembro de 2020, mas agora recebeu ainda mais embasamento.

Antes mesmo de iniciar o trabalho, os jornalistas ainda reclamaram do processo de cadastro, que é bastante demorado, invasivo e detalhado: a imprensa precisa enviar até uma foto do passaporte e do cartão de crédito para obter a aprovação para uso do sistema, em um processo que leva dois dias e sem garantia de que as informações serão deletadas depois ou armazenadas de forma segura.

Eu já vi isso antes

Ao baixar o SDK (kit de desenvolvimento) e testar a build liberada, a equipe do Arstechnica chegou a uma conclusão simples: o Harmony OS é nada mais do que o Android com a skin própria da Huawei, a EMUI, porém com o nome trocado.

O HarmonyOS de fato parece uma skin do Android.O HarmonyOS de fato parece uma skin do Android.Fonte:  Arstechnica 

Todo o visual lembra bastante o do sistema da Google, desde os menus até a organização de ícones na tela inicial. Até mesmo a tela de informações de aplicativo "entrega" a inspiração, com vários arquivos da biblioteca do Android encontrados. E o principal problema é a propaganda enganosa: em todo material oficial, a marca anuncia que esse é um sistema "totalmente novo".

As maiores diferenças estão em renomear certas seções e oferecer outro pacote de desenvolvimento, o DevEco Studio — que é bastante similar ao Android Studio SDK, inclusive em código, como confirmou o Arstechnica.

Até os menus entregam as semelhanças.Até os menus entregam as semelhanças.Fonte:  Arstechnica 

Segundo a Huawei, o Harmony OS deve chegar a celulares ainda em 2021 e ela pode até licenciar a plataforma para outras marcas. A fabricante ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

Harmony OS 2.0, da Huawei, é só uma versão modificada do Android