Microsoft começa a liberar outras lojas de aplicativos no Windows

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft começa a liberar outras lojas de aplicativos no Windows
Imagem: Microsoft
Avatar do autor

A Microsoft começa a partir desta terça-feira (28) a liberar lojas terceirizadas de aplicativos dentro do próprio sistema operacional. Segundo o site The Verge, as primeiras integrantes serão Epic Games Store e Amazon Appstore, ambas com previsão de chegar "nos próximos meses". A segunda já era esperada — é por ela, afinal, que aplicativos para Android rodarão dentro do ambiente do Windows 11.

As lojas serão listadas como aplicativos, com uma página de descrição, imagens e outros detalhes. Será possível encontrá-las normalmente dentro do mecanismo de busca da Windows Store tradicional.

E a Steam?

Segundo o chefe da divisão de Windows e dispositivos, Panos Panay, a empresa está aberta para que a plataforma Steam também passe a integrar oficialmente o ambiente.

Um dos pontos mais polêmicos dessa eventual parceria já foi detalhado há alguns meses pela empresa: desenvolvedores poderão manter 100% de seus lucros através do uso de plataformas de pagamento de terceiros. Essa medida também ajuda, eventualmente, a evitar investigações de órgãos regulatórios contra supostas práticas anticompetitivas, como é o caso da App Store no iOS.