WhatsApp não vai restringir contas que rejeitaram Termos de Serviço

1 min de leitura
Imagem de: WhatsApp não vai restringir contas que rejeitaram Termos de Serviço
Imagem: Dado Ruvic/Reuters
Avatar do autor

O WhatsApp ouviu o público — além de vários órgãos de justiça — e permitirá o uso do app para usuários que não aceitarem os novos Termos de Serviço do aplicativo. Segundo o WABetaInfo, a aprovação obrigatória das novas regras se tornará opcional em uma futura atualização.

Após a polêmica no início deste ano sobre a obrigatoriedade em aceitar os Termos de Serviço sob a “pena” de ter recursos reduzidos, o WhatsApp passou os últimos meses revendo a situação e em breve fará o anúncio oficializando que o aceite será opcional.

Então, o que mudou?

O aceite será opcional para usuários comuns e deve chegar em atualizações futuras do WhatsApp, conforme as informações. No entanto, ao conversar com uma conta comercial que usa provedores de nuvem do Facebook, não será possível enviar uma mensagem sem ter aceitado os termos. Veja, abaixo, o comunicado que aparecerá na tela:

(Fonte: WABetaInfo/Reprodução)(Fonte: WABetaInfo/Reprodução)Fonte:  WABetaInfo 

Os Termos deverão ser apresentados e revisados quando o usuário tentar enviar uma mensagem para uma conta comercial “especial”. A novidade deve chegar em uma nova atualização no WhatsApp Beta para Android e iOS.

Relembre o caso

Em janeiro de 2021, o WhatsApp anunciou que bloquearia as contas que não aceitassem compartilhar dados pessoais com o Facebook — que adquiriu a empresa em 2014. Em maio, com a péssima recepção do anúncio, o aplicativo de conversas disse que não deletaria, mas restringiria alguns recursos das contas comerciais que não aderissem aos novos termos.

Em junho, porém, a empresa reavaliou a situação e disse que não irá reduzir recursos dessas contas, atendendo a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) do Brasil. No entanto, não deixou claro se as pessoas que aceitaram os termos poderiam voltar atrás com a escolha.