O que é Laravel? Conheça o framework de PHP mais utilizado

3 min de leitura
Imagem de: O que é Laravel? Conheça o framework de PHP mais utilizado
Imagem: Laravel | Distribuição
Avatar do autor

Produzir um site já deixou de ser uma coisa inovadora e única. Pessoas, empresas, eventos e organizações têm uma presença online, através de uma página na internet.  Mas, em meio a tantos sites já criados e processos utilizados, é normal para um desenvolvedor web aproveitar funções que já foram utilizadas, em vez de criar um site do zero e é aqui que entram os frameworks.

Os frameworks são a base para a criação de sites, unindo ferramentas, funções, recursos e outros detalhes para encurtar o trabalho do profissional na hora de criar uma página online em determinada linguagem de código.

Dentre as opções, está o PHP, uma das linguagens mais dinâmicas utilizadas por programadores e desenvolvedores para construir sites ou sistemas integrados e inteligentes. A dúvida que fica para quem está começando a desenvolver sites e está à procura de um framework para otimizar seu tempo é: qual o melhor framework de PHP?

Laravel é um o mais popular ecossistema para sites desenvolvidos em PHPLaravel é o mais popular ecossistema para sites desenvolvidos em PHP.Fonte:  Pixabay | Reprodução

No mercado, existem diversas opções, como: Symfony, CodeIgniter, Zend, Phalcon, CakePHP e Yii cada uma com suas vantagens e desvantagens. Mas o framework mais popular é, sem dúvidas, o Laravel.

O TecMundo preparou um pequeno guia para iniciantes explicando os detalhes, recursos e vantagens sobre o framework PHP mais utilizado para produção de sites incríveis. Uma ótima forma de dar o primeiro passo no universo do PHP e da criação de sites. Acompanhe:

O que é Laravel?

Gratuito, de código aberto, com suporte a recursos avançados e facilidade na construção do código, simples e legível: essas são as principais vantagens do Laravel, o que torna ele o framework preferido de vários desenvolvedores PHP.

Sua primeira versão foi lançada em 2011 como uma alternativa ao CodeIgniter, um dos frameworks mais populares da época. Tyler B. Otwell foi o desenvolvedor responsável e, desde então, manteve o conjunto de funções disponíveis em código aberto, recebendo atualizações constantes de melhoria pelas mãos do criador e da comunidade até hoje.

Recursos e funcionalidades principais

Com o nome de “Framework PHP para os artesãos da web”, o Laravel tem diversas funcionalidades e recursos interessantes, tanto para iniciantes como profissionais mais antigos do desenvolvimento.

O sistema organizado do Laravel é um dos grandes diferenciais para os desenvolvedoresO sistema organizado do Laravel é um dos grandes diferenciais para os desenvolvedores.Fonte:  Laravel | Distribuição 

Algumas funções muito úteis que podemos encontrar no framework PHP mais utilizado são:

  • a utilização de um sistema modular para gerenciamento de dependências;
  • diferentes formas de conexão;
  • acesso a banco de dados relacionais;
  • motor próprio de templates para criação de interfaces;
  • programas e serviços criados para facilitar a publicação e manutenção de sistemas criados;
  • implementação nativa do Composer;
  • facilita a escalabilidade do sistema;
  • workflow e completo;
  • documentação útil e organizada;
  • por ser mais popular, é mais fácil de encontrar soluções na internet;
  • outras funcionalidades como Blade, Elixir, Homestead, Migrations e Artisan.

Outro ponto funcional é que o framework é baseado na arquitetura MVC, ou Model-View-Controller, que é um padrão de arquitetura de software para reutilização de código. O nome se dá por conta da divisão de um sistema em 3 camadas: modelo, visão e controle. Enquanto a primeira está relacionada ao banco de dados, a segunda vincula-se dos dados e das páginas e a última é responsável pela conexão e transmissão de informações entre modelo e visão.

Mas nem tudo são flores. Alguns desenvolvedores mencionam algumas desvantagens de utilizar o framework, como complexidade da estrutura de trabalho, que pode dificultar a instalação; há alguns problemas de produtividade ao rodá-lo em hospedagens comuns; e a alta quantidade de recursos que acaba refletindo em um número menor de conteúdo para aprender, mesmo que haja muita ajuda na internet acerca de soluções.

Se você quer aprender a programar, pode recorrer à construção de sites e sistemas do zero, mas usar frameworks para ganhar tempo pode ser muito útil. O Laravel é só uma das opções, dentre elas a mais utilizada, mas não significa que seja a melhor para você. O ideal é pesquisar bastante e testar todos os ecossistemas antes de decidir as funcionalidades que deseja aplicar na linguagem de programação PHP.

Agora que você conhece mais sobre framework, Laravel e PHP, é hora de colocar a “mão na massa”. Boa sorte!

Fontes