Google exigirá novo formato de apps no Android a partir de agosto

1 min de leitura
Imagem de: Google exigirá novo formato de apps no Android a partir de agosto
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

A publicação de aplicativos no formato APK no Android está com os dias contados. A partir de agosto, a Google exigirá que os novos apps na Play Store tenham outro padrão, conhecido por oferecer benefícios tanto para os usuários quanto para os desenvolvedores, conforme a gigante das buscas explicou nesta terça-feira (29).

Trata-se do formato Android App Bundle (AAB), lançado em 2018 e que se caracteriza pela capacidade de reduzir o tamanho do aplicativo em 15%, em média. O novo padrão gera um arquivo otimizado para as configurações do dispositivo de instalação, evitando recursos não compatíveis e que ocupariam mais espaço.

Com isso, os usuários poderão fazer downloads mais rápidos e aproveitar uma maior capacidade de armazenamento, resultando em menos desinstalações por falta de espaço. Outra vantagem do padrão é a maior segurança oferecida, graças a uma chave de assinatura de app mais forte.

O novo formato padrão dos apps Android existe desde 2018.O novo formato padrão dos apps Android existe desde 2018.Fonte:  Google/Divulgação 

Segundo a companhia de Mountain View, o AAB já está presente em mais de 1 milhão de softwares disponíveis na loja do Android atualmente, incluindo a maioria dos 1 mil apps mais populares da plataforma. Fazem parte desse grupo os aplicativos da Netflix, Twitter, Duolingo, Adobe e títulos da Gameloft.

Apps atuais não serão afetados

A mudança no formato dos apps publicados na Google Play Store, prevista para entrar em vigor a partir de agosto, não afetará os programas atualmente disponíveis na loja oficial do Android. Apenas aqueles disponibilizados após o padrão ser adotado precisarão fazer a alteração.

Os aplicativos privados oferecidos por meio da plataforma, que ficam restritos a alguns poucos usuários, normalmente corporativos, também não serão obrigados a adotar o formato AAB, segundo a Google.

Para os títulos obrigados a mudar, os desenvolvedores terão que trocar os APKS pelos pacotes AAB e os arquivos de expansão OBBs por Play Asset Delivery ou Play Feature Delivery.

Google exigirá novo formato de apps no Android a partir de agosto