Google Meet: novo design começa a ser liberado para desktop

1 min de leitura
Imagem de: Google Meet: novo design começa a ser liberado para desktop
Imagem: Google
Avatar do autor

A Google anunciou no mês passado um novo design para a plataforma Google Meet e finalmente começou a liberar a atualização. O visual renovado está disponível para desktop e chegará gradativamente para usuários do serviço de reuniões.

Segundo a Google, apenas 1% dos usuários já foram contemplados com a mudança. O motivo para a distribuição lenta são possíveis bugs que podem aparecer durante o uso da nova interface.

Novo design do Meet é pensado para reuniões maiores.Novo design do Meet é pensado para reuniões maiores.Fonte:  Google 

A Google até listou alguns problemas já identificados na nova interface e que receberão uma correção em breve. Segundo ressalta o Android Central, nenhum dos bugs é grave a ponto de tornar o serviço inutilizável, mas os usuários têm a opção de retornar para a antiga interface até 10 de junho.

Bugs no novo Meet

Segundo a companhia, alguns usuários podem enfrentar problemas como blocos de imagem ausentes e legendas cortadas. "Isso é causado por extensões de terceiros no Meet", explica a Google.

A empresa também identificou problemas no compartilhamento de tela na nova edição do Meet. A dica da empresa é utilizar a função com guias do navegador e, por enquanto, evitar o envio de janelas ou da tela inteira.

Fonte:  Google 

A Google ainda ressalta que usuários do Windows rodando o Meet no Chrome podem enfrentar problemas de instabilidade na plataforma. A companhia indica que reiniciar o navegador pode solucionar o bug.

O novo design do Google Meet para desktop aproveita a tela maior de computadores e notebooks para aprimorar a exibição de conteúdos. A interface adapta o tamanho dos quadros para permitir a participação de mais pessoas em reuniões.

Além disso, o novo visual traz mais liberdade na customização da interface de apresentação. O usuário pode escolher o tamanho de seu quadro na reunião e fixar conteúdos importantes, como oradores e telas compartilhadas.

Google Meet: novo design começa a ser liberado para desktop