Microsoft abre APIs do Teams para criação de apps colaborativos

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft abre APIs do Teams para criação de apps colaborativos
Imagem: Microsoft/Reprodução
Avatar do autor

Durante o evento Microsoft Build 2021, nesta terça-feira (25), a Microsoft anunciou que está abrindo suas APIs do Teams para que desenvolvedores ofereçam soluções de apps. De acordo com a empresa, com as ferramentas que estão sendo disponibilizadas, será possível desenvolver aplicações que funcionam no Windows, macOS, Web, iOS, Android e Linux.

A empresa argumentou que as inovações são importantes porque ajudam na nova realidade de trabalho das pessoas. O trabalho híbrido, que ganhou popularidade por causa da pandemia de coronavírus, exige que todo mundo possa atuar "em qualquer lugar, a qualquer hora e em qualquer dispositivo".

"Precisamos de uma nova classe de aplicativos centrados na colaboração versus produtividade individual. Aplicativos que permitem modos síncronos e assíncronos de colaboração com reuniões em tempo real, mensagens ad hoc, colaboração de documentos e automação de processos de negócios — tudo em uma única camada de organização", argumentou a gigante da tecnologia.

MIcrosoft Teams

Essa nova classe de softwares será chamada de "aplicativos colaborativos". A ideia é possibilitar trocas rápidas de ferramentas de áudio, vídeo, edição de documentos, organização de arquivos e mais, tudo sem precisar abrir vários programas diferentes.

Desenvolvimento de apps

A Microsoft convidou os desenvolvedores e listou as ferramentas que eles terão à disposição. Entre as aplicações disponíveis, estão as APIs do Teams, Teams Store, Microsoft Cloud, Power Plataform, Azure, Graph e outras.

Como exemplo, a companhia disse que mídias do Teams, como fluxos de áudio e vídeos, serão disponibilizadas para que seja possível criar ferramentas de transcrição de áudio, tradução em tempo real, anotações automáticas, coleta de insights e mais.

"O Microsoft Teams foi criado com o objetivo de permitir a colaboração. Com mais de 145 milhões de pessoas usando o Teams todos os dias, ele se tornou a plataforma digital para trabalho e aprendizagem. Isso cria uma oportunidade criativa e econômica para os desenvolvedores criarem a próxima geração de aplicativos onde a colaboração é o ponto central", defendeu a empresa.

Microsoft Teams

Também foi anunciado que os programadores poderão vender assinaturas de seus programas dentro do próprio Microsoft Teams. Com isso, o software terá não somente uma loja de apps, mas um ecossistema próprio.

Microsoft abre APIs do Teams para criação de apps colaborativos