Android 12 pode aprimorar backup de fotos em aparelhos Samsung

1 min de leitura
Imagem de: Android 12 pode aprimorar backup de fotos em aparelhos Samsung
Imagem: Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Dado o sucesso dos aparelhos Samsung, o Android adaptado aos smartphones da companhia acompanha as evoluções de sua base original, o que não impede o surgimento de pequenos problemas capazes de irritar usuários. Um exemplo é o salvamento de capturas de tela na pasta DCIM, onde apenas materiais da câmera deveriam ser armazenados, e elas acabam em serviços de backup como o Google Photos, ocupando um espaço precioso. Felizmente, isso pode mudar com o Android 12.

Segundo o xda-developers, uma fonte obteve acesso ao documento que define critérios para a concessão de certificações. Dentre as exigências está a Seção 7.6.2, "Armazenamento compartilhado de aplicativos", com o seguinte texto:

"Se a implementação do dispositivo tiver captura de tela ou funcionalidade de gravação de tela, incluindo por meio de atalho de hardware ou botão de software, ele: DEVE salvar a imagem ou o arquivo de vídeo gerado em um diretório chamado 'Screenshots', que é gerado automaticamente em 'Imagens' na memória interna ou em um cartão SD em uma porta confiável e pode ser acessado por meio de DIRECTORY_SCREENSHOTS."

"NÃO DEVE salvar capturas de tela e gravações de tela em DCIM, Imagens, Vídeos ou um diretório personalizado", complementa.

Requisitos de concessão de certificação podem consertar problema irritante.Requisitos de concessão de certificação podem consertar problema irritante.Fonte:  Reprodução 

Menos "lixo", mais espaço

Geralmente, dispositivos Android têm duas pastas para armazenamento de fotos e vídeos. Uma delas é a "Imagens", onde aplicativos guardam a mídia que baixaram e ao qual, por padrão, o SO envia as capturas de tela, à subpasta "Capturas de tela".

Já a outra é a "DCIM" no diretório raiz do armazenamento interno, que contempla materiais gerados por câmeras. Enquanto a divisão funciona bem em diversos casos, apresenta falhas nos smartphones da Samsung e de outras.

Com a novidade, a sul-coreana, se quiser manter o Robô, deverá se atentar a esse aspecto, assim como a Xiaomi, a Oppo e a Realme, que também apresentam discrepâncias do tipo.

A medida, aliada à possibilidade de personalização de backup de diretórios, evitaria o acúmulo de materiais que não interessassem ao consumidor.

Android 12 pode aprimorar backup de fotos em aparelhos Samsung