Facebook explica como iOS 14.5. afetará anúncios na rede social

1 min de leitura
Imagem de: Facebook explica como iOS 14.5. afetará anúncios na rede social
Imagem: Unsplash/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O Facebook revelou o quanto o novo iOS 14.5 afetará negativamente a publicidade na rede social, bem como no Instagram. Os conflitos entre a empresa de Mark Zuckerberg e de Tim Cook não são nenhuma novidade e, pelo visto, estão longe de um fim. A divergência mais recente é causada pelo novo lançamento da Apple, o App Tracking Transparency, que bloqueia o rastreamento por aplicativos e sites.

Em um memorando, enviado aos anunciantes e obtido pelo 9to5mac, o Facebook detalhou as dificuldades que serão enfrentadas. De modo geral, a empresa coleta dados dos usuários através de seus aplicativos e serviços de terceiros. As informações são então utilizadas para traçar perfis de consumo, cujo objetivo é permitir a criação de propagandas personalizadas e mais eficazes.

Essa coleta de dados permite ainda que o Facebook ofereça aos anunciantes estatísticas detalhadas de desempenho para que eles possam otimizar suas campanhas. Mas, com os novos termos da Apple, a empresa não poderá utilizar essa estratégia em usuários que tenham aparelhos da fabricante com o iOS 14.5 e optem pelo não rastreio.

iOS 14.5. afetará negócios do Facebook

a  Unsplash/Reprodução 

Pelo ponto de vista do usuário, que preza pela privacidade de seus dados, essa é uma ótima notícia. Da perspectiva da empresa, contudo, isso representa uma provável redução nas receitas. No informe, o Facebook aponta que os resultados dos anúncios flutuariam gradualmente na medida em que os usuários atualizarem seus dispositivos para o iOS 14.5.

Isso afetará as estatísticas, que se tornarão menos detalhadas, além de gerar uma diminuição no público. Evidentemente, a empresa também sofrerá impactos financeiros, já previstos para o próximo semestre.

Mudança pode ser positiva

H  Unsplash/Reprodução 

Embora tenha se manifestado contra a decisão da Apple, o Facebook ponderou que a mudança pode ser, em algum nível, positiva para os negócios. Isso porque a empresa continuará rastreando o comportamento dos usuários através de seus aplicativos.

A expectativa do Facebook é que, gradativamente, as companhias migrem seus negócios online para esses aplicativos. Dessa maneira, será possível manter a coleta de dados dos usuários como atualmente acontece, sem preocupações quanto ao App Tracking Transparency.

Facebook explica como iOS 14.5. afetará anúncios na rede social