Popular extensão The Great Suspender é tirada do Chrome por malware

1 min de leitura
Imagem de: Popular extensão The Great Suspender é tirada do Chrome por malware
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

Uma extensão do navegador Google Chrome que há anos é bastante divulgada como solução para um dos maiores problemas do serviço foi removida da loja digital da plataforma.

Trata-se da ferramenta The Great Suspender, até pouco tempo vista como uma solução para reduzir o consumo de RAM pelo Chrome. De forma resumida, ela suspendia as abas que não estavam sendo usadas pelo usuário após um determinado tempo, só acionando cada uma na medida em que você clica para acessá-las.

O problema

De acordo com a Google, a extensão foi removida da Chrome Web Store por conter malware. O problema estaria na versão 7.1.8, que permite a execução de códigos no computador do usuário sem precisar de qualquer autorização.

O navegador Microsoft Edge já havia bloqueado a extensão em novembro do ano passado, quando começaram as primeiras denúncias. Porém, nenhum caso efetivo de invasão foi detectado até o momento.

A popular extensão.A popular extensão.Fonte:  How to Geek 

Em janeiro, uma reportagem do site The Register notou que o aplicativo mudou de dono e passou a ser controlado por uma desenvolvedora não nomeada a partir de junho de 2020.  Por enquanto, a Google não se manifestou a respeito do caso.

E agora?

Usuários com o The Great Suspender ativado e com múltiplas abas no formato de suspensão afirmaram que perderam os endereços com a saída da ferramenta do navegador.

Para quem ficou sem as abas, a comunidade do GitHub encontrou uma solução. Abra o Histórico do navegador e pesquise pelo id da extensão ("klbibkeccnjlkjkiokjodocebajanakg", sem as aspas). Os resultados encontrados nos dados de navegação são totalmente seguros e, individualmente, representam as páginas que estavam suspensas.

Popular extensão The Great Suspender é tirada do Chrome por malware