WhatsApp usa o Status para reforçar compromisso com a privacidade

1 min de leitura
Imagem de: WhatsApp usa o Status para reforçar compromisso com a privacidade
Imagem: Metro Latam/Reprodução
Avatar do autor

O Facebook está usando o recurso Status do WhatsApp para reforçar o compromisso com a privacidade do app. Nesta semana, os usuários vão encontrar mensagens sobre o assunto ao acessar a funcionalidade semelhante aos Stories do Instagram.

Segundo a nota da companhia ao The Verge, a intenção é combater a desinformação a respeito das recentes regras de privacidade do app. Dessa maneira, eles vão usar a ferramenta Status para se comunicar diretamente com os usuários do mensageiro.

Mensagens no Status já aparecem para alguns usuários brasileiros do WhatsApp.Mensagens no Status já aparecem para alguns usuários brasileiros do WhatsApp.Fonte:  WhatsApp/Reprodução 

A mensagem destaca que o compartilhamento de dados do WhatsApp com o Facebook não afeta a forma como os usuários se comunicam particularmente. Ela também reforça que o app seguirá usando a criptografia de ponta a ponta para proteger as conversas.

Esse é um esforço do Facebook para evitar “percepções equivocadas” sobre a política de privacidade do mensageiro. Apenas contas empresarias do app vão ser afetadas pelos novos termos da plataforma.

Contudo, as pessoas interpretaram mal as informações e acreditam que o termo de privacidade significa o compartilhamento de informações confidenciais.  A “notícia” não agradou os usuários devido ao histórico de erros de privacidade do Facebook.

Após diversas pessoas migrarem para apps concorrentes, a companhia adiou a data para implantação dos termos de privacidade que entrará em vigor em maio deste ano. Então, ela segue buscando meios de esclarecer o máximo de dúvidas sobre o assunto.

Telegram e Signal estreiam novos recursos para atrair novos usuários.Telegram e Signal estreiam novos recursos para atrair novos usuários.Fonte:  CDN/Reprodução 

Novidades nos concorrentes

Aproveitando o momento complicado do WhatsApp, os concorrentes seguem apresentando recursos atraentes aos novos usuários. Por exemplo, o Telegram anunciou uma ferramenta que permite importar o histórico de conversas do aplicativo do Facebook.

Enquanto isso, o Signal adicionou a possibilidade de usar figurinhas animadas e alterar o papel de parede das conversas. Ambos são recursos semelhantes e bastante utilizado pelos usuários do WhatsApp.

WhatsApp usa o Status para reforçar compromisso com a privacidade