Loon: balões de internet da Google serão pilotados por uma IA

1 min de leitura
Imagem de: Loon: balões de internet da Google serão pilotados por uma IA
Imagem: Loon
Avatar do autor

A divisão Loon da Alphabet, empresa-mãe da Google, acaba de celebrar um feito inédito: responsável por enviar internet a locais remotos do planeta através de balões estratosféricos, a empresa conseguiu implantar um sistema de navegação nesses veículos cujo software é uma inteligência artificial "desenvolvida" capaz de aprender sozinha.

Atualmente, os balões de internet da Loon são conduzidos ao redor da Terra por inteligência artificial (IA), que tem como base um conjunto de algoritmos escritos e executados por um sistema de controle de voo. A novidade é que esse sistema não é mais controlado por pessoas, mas autorregulado por uma técnica chamada “aprendizado de reforço” (RL).

O sistema já está em funcionamento, e gerenciando a frota de balões de hélio no Quênia, onde a Loon lançou o seu primeiro serviço comercial de internet em julho passado.

Fonte: Loon/DivulgaçãoFonte: Loon/DivulgaçãoFonte:  Loon 

Um sistema de voo pilotado por AI

Diferentemente dos testes desenvolvidos em AI que ensina computadores a jogar videogames ou aprender como manipular uma mão robótica, o RL permite que o software aprenda por tentativa e erro. Porém, como operar balões envolve riscos e custos altíssimos, a Loon ensinou o seu controle de voo a pilotar balões usando simulações computadorizadas.

Dessa forma, o sistema foi se aperfeiçoando com o tempo, antes de ser implantado na frota de balões no mundo real. O diretor de tecnologia da Loon, Sal Candido, afirma que o RL é viável e que, “hoje em dia, a tarefa mais complexa do sistema de navegação da Loon é resolvida por um algoritmo aprendido por um computador, que aprende com um sistema virtual de navegação de balões”.

No primeiro teste no mundo real, realizado no Peru em julho de 2019, a máquina competiu com o próprio Candido e sua equipe, na construção de um algoritmo que seria o seu controlador. Os pesquisadores tiveram a alegria de perder para a AI que, em algumas semanas, elaborou um sistema melhor que o humano desenvolvido em muitos anos.

Loon: balões de internet da Google serão pilotados por uma IA