Atualizar o Windows pode finalmente se tornar uma tarefa 'segura'

1 min de leitura
Imagem de: Atualizar o Windows pode finalmente se tornar uma tarefa 'segura'
Imagem: Reprodução
Avatar do autor

A partir deste mês, a Microsoft promete que atualizações do Windows 10 serão simplificadas e aprimoradas. A empresa decidiu incluir dentro dos processos cumulativos as atualizações de manutenção (servicing stack updates ou SSUs), que incorporam mudanças importantes ao sistema para que ele possa ser modificado.

Com isso, espera-se que atualizar o Windows seja mais seguro, evitando aqueles problemas diversos que ocorrem com frequência após updates.

Antes, os SSUs eram instalados separadamente, o que poderia interromper a manutenção do SO caso algum deles estivesse faltando. Agora, presentes em um único pacote, o problema pode ser evitado – principalmente para profissionais de TI que supervisionem diversas máquinas. Entretanto, usuários de um único PC que almejem instalar novidades manualmente ainda podem se deparar com a questão.

De qualquer forma, espera-se que implementações gerenciadas pelo próprio Windows 10 sejam realizadas com tudo aquilo que precisam antes de serem iniciadas – e, se nada der errado desta vez, a novidade tem tudo para manter a estabilidade necessária aos equipamentos.

De acordo com a empresa, implementação evita que arquivos importantes faltem nas atualizações.De acordo com a empresa, implementação evita que arquivos importantes faltem nas atualizações.Fonte:  Reprodução 

Simplificando processos

Aria Carley, gerente de programa da Microsoft, explica o porquê da adaptação: "Nosso objetivo é que todos os administradores de TI, estejam gerenciando dispositivos locais ou na nuvem, experimentem a simplicidade de ter uma única atualização mensal cumulativa para implantar, que inclui as correções cumulativas do mês e as atualizações de pilha de serviço apropriadas para aquele mês, se aplicável."

"Ouvimos seus comentários e estamos agindo para fornecer uma boa experiência para aqueles que gerenciam atualizações mensais locais", complementa.

Leia também:

Atualizar o Windows pode finalmente se tornar uma tarefa 'segura'