Xiaomi parece ter abandonado linha de celulares com Android One

1 min de leitura
Imagem de: Xiaomi parece ter abandonado linha de celulares com Android One
Imagem: Xiaomi
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Aparentemente, a fabricante chinesa Xiaomi não tem mais planos de lançar novos smartphones como parte do projeto Android One. A plataforma da Google promete uma experiência quase pura do sistema operacional, mas já bastante dinâmica e com atualizações rápidas.

Quem chegou a essa conclusão foi o site Smartdroid, que analisou a situação do mercado atual. E faz sentido, afinal o último aparelho lançado pela Xiaomi com Android One foi o Mi A3, em julho de 2019, e até agora não há qualquer indicativo de que um Mi A4 estaria próximo de sair.

O próprio Mi A3 passou por problemas recentes, incluindo bugs causados por atualizações, e isso pode ter levado a fabricante chinesa a repensar a utilização da plataforma. Apesar disso, a família Mi A era considerada no ano passado a linha de celulares Android One mais popular do mundo.

Imagem: Smartphone Xiaomi Mi A3, 128 GB
Imagem: Tecmundo Recomenda

Smartphone Xiaomi Mi A3, 128 GB

Com Andoid One para manter lo atualizado, o Mi A3 tem 3 câmeras, bastante bateria, é rápido e tem um ótimo custo beneficio além de um design lindo.

Meio de lado

O próprio Android One parece ter perdido um pouco de espaço. O Android Go, que é a versão do sistema para dispositivos menos potentes, ganhou mais funcionalidades e acabou preferido em modelos de baixo custo. Além disso, a Google tem melhorado cada vez mais a distribuição de atualizações do Android entre as companhias parceiras, o que significa que elas podem manter interfaces próprias e não demorar para liberar novas versões ao consumidor.

A Motorola, antes também uma das grandes parceiras do Android One, já passou a usar outra interface até mesmo na linha de produtos que leva o nome One. Quem se mantém fiel é a Nokia, sempre com novos dispositivos.

Vale lembrar que a dispensa do Android One pela Xiaomi não passa de uma análise de mercado, porém a conclusão do Smartdroid faz sentido e pode ser confirmada nos próximos meses.

Xiaomi parece ter abandonado linha de celulares com Android One